Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Minério de ferro registra nova desvalorização na bolsa de Dalian

Investing.com Brasil - 18/04/2019 - 8:11
Ativo com o maior volume de negócios, e data de vencimento em setembro deste ano, recuou 0,96%

Por Investing.com

A jornada desta quinta-feira (18) na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian foi marcada por uma nova desvalorização dos contratos futuros do minério de ferro. O ativo com o maior volume de negócios, e data de vencimento em setembro deste ano, recuou 0,96%, encerrando assim negociado a 620,00 iuanes para cada tonelada.

Exclusivo: Método de Luiz Barsi é revelado em curso inédito

Continua depois da publicidade

O dia também foi negativo para os preços do vergalhão de aço, que tem seus papéis transacionados na bolsa de mercadorias da também chinesa Xangai.

O contrato com maior liquidez, para outubro deste ano, recuou 71 iuanes para 3.710 iuanes por tonelada, enquanto o de maio, segundo mais negociado, perdeu 50 iuanes para 4.102 iuanes por tonelada do produto.

O índice acionário de Xangai recuou da máxima de fechamento de 13 meses e terminou em queda nesta quinta-feira, uma vez que investidores travaram ganhos após o forte rali sustentado por sinais de recuperação econômica.

A economia da China repetiu no primeiro trimestre a taxa de crescimento de 6,4 por cento sobre o ano anterior, desafiando expectativas de uma desaceleração, uma vez que a produção industrial saltou com força e a demanda do consumidor mostrou sinais de melhora.

A nova onda de IPOs já chegou! Deixe o seu-email e saiba como ganhar com ela!

O mercado acionário, que precificou estabilização econômica, saltou cerca de 30 por cento até agora neste ano. Entretanto, os investidores mantiveram a cautela buscando mais pistas sobre a saúde da economia global.

“As ações subiram bastante neste ano. Entretanto, não há necessidade para se preocupar, porque estão apenas recuperando as perdas do ano passado, e achamos que ainda há espaço para subir”, disse Louis So, co-diretor de investimento do Value Partners Group.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você