Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Singapura, Hong Kong e Paris são eleitas as cidades mais caras do mundo; veja ranking

Diana Cheng - 21/03/2019 - 17:35
Top 10 é formado predominantemente por países da Ásia e da Europa (Imagem: Pixabay)

Pela primeira vez na pesquisa sobre o custo de vida mundial, publicada pela The Economist Intelligence Unit, três cidades foram eleitas as mais caras do mundo: Singapura, Hong Kong e Paris.

Ibovespa pode ter 2 estreantes em abril; Taurus entra no IBrX 100

Algo parecido com o que aconteceu no último ciclo de alta da Bolsa está prestes a se repetir. Veja como é possível ganhar ate +2.691% com estes ativos

Continua depois da publicidade

Segundo a empresa de análise, o top 10 é formado predominantemente por países da Ásia e da Europa, com Singapura como a única cidade que se manteve na liderança desde o ranking anterior. Outras cidades asiáticas estão entre as mais caras, como Osaka e Seul.

Na análise das cidades europeias, além de Paris, Geneva e Zurique se destacam, assim como Copenhague, o que, na opinião da Economist Intelligence Unit, não é uma surpresa.

Nos países com os custos de vida mais elevados do mundo, a média de 1 kg de fatia de pão é de US$ 3,40 para Singapura, US$ 3,91 para Hong Kong e US$ 5,66 para Paris. Uma garrafa de 330 ml de cerveja sai em média por, respectivamente, US$ 2,37, US$ 1,77 e US$ 2,10. Os cortes de cabelo feminino nas três cidades saem por, em média, US$ 96, US$ 112 ou US$ 119. Não são, no entanto, os preços mais caros, tendo Copenhague registrado pouco mais de US$ 176.

Em explicação dada no relatório, as atuais flutuações continuam sendo a grande causa dessas mudanças vistas no ranking. “No ano passado, vários mercados presenciaram movimentos significantes, o que, em muitos casos, impactam nas mudanças dos preços domésticos”, explica a empresa de análise.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Cidades mais baratas

Caracas, localizada na Venezuela, é apresentada como a cidade mais barata do mundo, seguida por Damasco, na Síria, e Tashkent, no Uzbequistão. De acordo com a Economist Intelligence Unit, vê-se um aumento de localizações que estão se tornando mais baratas por causa do impacto político ou da disrupção econômica do país, o que coloca um elemento de risco para se viver nessas regiões.

O valor médio de 1kg de fatia de pão fica por US$ 0,77 em Caracas. Na região de Damasco, o preço é ainda menor, US$ 0,60, enquanto em Tashkent o quilo do pão é cobrado por US$ 1,24.

As mulheres podem encontrar em Caracas um corte de cabelo feminino por, em média, US$ 1,77. Damasco e Tashkent apresentam valores mais altos – US$ 7,77 e US$ 12,43, respectivamente.

Última atualização por Gustavo Kahil - 21/03/2019 - 17:35