Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Na crise ninguém quer gastar: então a culpa é de J.M.Keynes!

Paulo Gala - 09/03/2019 - 9:03

Paulo Gala é economista e diretor geral da Fator Administração de Recursos

Na Teoria Geral do Juro do Emprego e da Moeda J.M.Keynes revolucionou o pensamento econômico ao mostrar que se ninguém gasta a economia para.

Apenas para investidores: melhores small caps reveladas

Não existe mecanismo de mercado que faça com que as pessoas gastem o que ganham sempre e de maneira automática! Por isso a lei de Say (toda oferta cria sua demanda) não funciona nem no curto nem no longo prazo. Enquanto a pessoa fica pensando se vai gastar hoje, ou amanhã ou depois de amanhã o PIB já vai afundando!

As decisões de produção são diárias e vão se desdobrando no “tempo histórico”. O que impede os consumidores e empresários de gastarem é a incerteza sobre o futuro: em relação a emprego e renda e retornos de investimentos. Simples assim.

Quer viver de day-trade? A cada dez, nove tem prejuízo

A partir dessa constatação Keynes seguiu analisando como um “ente externo ao sistema” (governo?) poderia tentar evitar crises de “insuficiência de gasto”. Tratou do que seria possível fazer com política monetária (juros baixíssimos) e política fiscal (governo puxando gasto com investimento público em certas situações).

Alguma garantia de que isso funciona? Nenhuma! Se as pessoas insistirem em não gastar a economia continua parada. Alguém tem algum ideia melhor? Essa a situação hoje do Japão e Europa, com risco de se alastrar para EUA e Brasil!

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Vitória Fernandes - 08/03/2019 - 18:37