Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Morgan Stanley e Citigroup alertam sobre desaceleração na receita de trading

Valter Outeiro da Silveira - 12/06/2019 - 7:41
Executivos de bancos norte-americanos relatam dificuldades na área de trading

“Ficaria muito surpreso se superássemos [as expectativas] no primeiro trimestre”. A afirmação é de James Gorman, CEO (Chief Executive Officer) do Morgan Stanley, em conferência realizada em Nova York, sobre a performance de trading e de IB (Investment Banking).

Para o CEO, “as duas últimas semanas foram muito difíceis. Até então, estava sólido. Nós não teremos um trimestre ruim na divisão de securities, porém há de ser realista com o ambiente”, conforme apurado pela Bloomberg.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Gorman destaca que o trading da divisão macroeconômica foi “desafiador”, com a atividade de IB sendo relativamente morna.

Citi também sofre

Já no Citigroup, o CEO Mark Mason declarou que a receita oriunda de renda fixa e da mesa de ações provavelmente cairá, assim como os ganhos da divisão de IB.

Dentre os fatores, pode-se auferir que as incertezas ontológicas do cenário macroeconômico pesaram contra, ou seja, eventos com até certa capacidade preditiva, porém sem controle de todas as variáveis, predominaram no trimestre, tornando concretos resultados improváveis.

Leia mais sobre: Citi, Mercados, Morgan Stanley

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 12/06/2019 - 7:17