Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ibovespa: As 5+ e 5- de janeiro

Gustavo Kahil - 31/01/2019 - 18:58
Presidente Jair Bolsonaro saúda o público depois de receber a faixa presidencial de Michel Temer, no Palácio do Planalto – Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ibovespa terminou em alta expressiva de 11,15% em janeiro, o primeiro mês de Jair Bolsonaro na presidência do País. O período foi marcado pela indecisão nos EUA, que viveu um período de paralisação do governo, tensões comerciais com a China e, por aqui, pela expectativa em relação às discussões da reforma da Previdência. O dólar comercial terminou com desvalorização de 6,2%, para R$ 3,64.

EXCLUSIVO: Conheça o novo Ranking de Fundos Money Times/App Renda Fixa

As 5+: Eletrobras dispara

Os papéis da Eletrobras (ELET3; ELET6), sempre no foco do movimento de privatização da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, dispararam para ocupar a liderança do desempenho do índice neste primeiro mês do ano.

Continua depois da publicidade

A empresa está reelaborando o projeto de capitalização e reestruturação da empresa com o governo Bolsonaro e deverá concluir a operação em 12 meses, espera o presidente da estatal, Wilson Ferreira Júnior.

Segundo ele, o valor que a empresa deverá captar no mercado deve superar os R$ 12 bilhões estimados inicialmente pela empresa. “Quando fizemos a primeira estimativa, a empresa valia R$ 25 bilhões e o valor captado ficaria em R$ 7 bilhões, mas a empresa se valorizou e o valor subiu para R$ 12 bilhões”, explicou.

Desempenho das 5+:

Eletrobras (ELET3), +54,35%

Eletrobras (ELET6), +44,48%

Sabesp (SBSP3), +,37,68%

Via Varejo (VVAR11), +36,67%

Cielo (CIEL3), +34,31%

As 5-: Embraer enfrenta realidade

As ações da Embraer (EMBR3) ocuparam o extremo negativo do índice, isso em um mês que contou com apenas seis ativos no lado negativo. A brasileira assinou, no último dia 24 de janeiro, o seu acordo com a americana Boeing.

Para o BB Investimentos, o otimismo segue em relação à companhia brasileira, que permitirá conduzir sua estratégia de longo prazo, considerando também a expertise da administração de um dos maiores produtores de aeronaves do mundo.

Desempenho das 5-:

Embraer (EMBR3), -10,79%

Vale (VALE3), -10,78%

Bradesco (BBDC4), -9,4%

Gol (GOLL4), -1,51%

Magazine Luiza (MGLU3), -0,78%

Leia mais sobre: Ibovespa, Mercados

Última atualização por Gustavo Kahil - 31/01/2019 - 18:59