Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fundos Imobiliários: Em quais investir agora? Veja recomendações da Necton

Diana Cheng - 08/03/2019 - 20:05
imóveis
O cenário atual tende a favorecer os fundos imobiliários, avalia Necton (Imagem: Money Times)

Necton divulgou nesta sexta-feira (8) suas recomendações de março para a carteira Renda, composta por fundos imobiliários. Para este mês, a corretora optou por realizar apenas uma alteração, trocando o fundo Fator Verità (VRTA11) pelo Kinea Índices de Preços (KNIP11).

Apenas para investidores: melhores small caps reveladas

Necton troca M.Dias Branco e Santander por Maxion e BB Seguridade em março

“Estamos mais receosos no curtíssimo prazo, principalmente com os riscos envolvidos na tramitação da reforma da previdência, que podem resultar em potencial morosidade e diluição do texto inicial. Ainda que a pauta da reforma se trate de um assunto macro, vemos uma influência direta na cotação dos ativos financeiros – fundos imobiliários, inclusive”, analisa Glauco Legat, analista-chefe da Necton.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Veja como ficou a composição da carteira Renda:

BTG Pactual Fundo de Fundos (BCFF11)

A escolha do fundo se deu pelos bons resultados ao longo dos últimos anos, segundo a Necton. “Além disso, gostamos bastante do fundo por se tratar de um fundo de fundos, o que aumenta de maneira muito expressiva o efeito de diversificação”, complementa.

BB Progressivo (BBPO11)

Os 10 ativos do fundo correspondem a 50% das receitas, que são considerados estratégicos para o Banco do Brasil. Por isso, a corretora mantém sua aposta sobre BB Progressivo, somado ao baixo risco de de crédito.

Kinea Índice de Preços (KNIP11)

Pela sua distinta consistência positiva, a Necton acredita que o fundo seja uma boa escolha para o portfólio. “Além disso, destacamos que o fundo procura replicar uma NTN-B longa, com prêmio de risco em torno de 2,5% a.a., sendo uma ótima alternativa aos títulos públicos, com a vantagem de contar com isenção de I.R. nos rendimentos distribuídos”, diz a corretora.

RBR Rendimento High Grade (RBRR11)

O fundo RBR Rendimento High Grade é uma boa opção pela possibilidade de novas aquisições de CRIs, que devem, segundo a Necton, incrementar os resultados e aumentar a distribuição de rendimentos ao longo dos próximos meses.

Carteira Foco (ganho de capital)

imóveis
BRCR11, VISC11, HGLG11 e EDGA11 são as recomendações para a carteira Foco (Imagem: Money Times)

BC Fund (BRCR11)

“Acreditamos que o fundo esteja bem posicionado para aproveitar a potencial retomada da economia, levando em consideração seu portfólio, com boa localização e com contratos que, em sua maioria, tem seu vencimento em um prazo de 5 anos ou mais, dando maior previsibilidade de ganhos ao cotista”, afirma a corretora, sobre o BC Fund.

Vinci Shopping Centers (VISC11)

Com a retomada da economia, espera-se que o consumo aumente e, com isso, o setor de shoppings seja beneficiado, trazendo bons resultados ao fundo.

CSGH Logística (HGLG11)

Com um portfólio expressivo, diversificado e de baixa vacância, a corretora acredita que a forte posição de caixa do fundo pode resultar em excelentes futuras oportunidades.

Edifício Galeria (EDGA11)

Apesar da crise pela qual o Rio de Janeiro está passando e da dificuldade do fundo em implementar ganhos reais no valor dos aluguéis, a Necton está confiante que o fundo esteja bem posicionado para aproveitar a potencial retomada da economia.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você
Recomendados para você
Exclusivo: Método de Luiz Barsi é revelado em curso inédito