Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Eleven e Empiricus tiram Burguer King do cardápio de IPOs

Gustavo Kahil - 11/12/2017 - 11:21

As equipes da Eleven Financial e da Empiricus Research, duas casas de análise independente, avaliam que o investidor não deve participar do IPO do Burguer King (BKBR3) ao valor proposto pelos coordenadores da oferta, que está entre R$ 14,50 e R$ 18.

Os interessados têm até quarta-feira (13) para reservar o seu lote. Considerando o exercício de toda oferta e o valor máximo estimado, a operação pode girar até R$ 2,5 bilhões. O preço final deve ser conhecido no próximo dia 14 de dezembro.

“Apesar da melhora em vendas, ganho de participação de mercado, experiência do corpo administrativo e dos principais acionistas, enxergamos pouquíssima ou nenhuma margem de segurança se o preço de colocação estiver dentro da faixa proposta”, explica a analista da Eleven Giovana Scottini em um relatório enviado a clientes. Ela calcula um preço justo para a empresa em R$ 13.

Continua depois da publicidade

“Por enquanto, com as evidências até o momento não encontramos retorno-risco favorável para investimento no papel”, diz Scottini.

BK e McDonald’s

Segundo os cálculos da Eleven, o valor de R$ 13 calculado é correspondente a um prêmio de aproximadamente 20% em relação ao Arcos Dorados, controlador do McDonald´s na América Latina.

A comparação também é feita pela equipe da Empiricus. O analista Ruy Hungria avalia que se, por um lado, o Burguer King possui dados operacionais ainda muito piores que o McDonald’s, por outro isso mostra que existe uma ótima oportunidade de fechar essa diferença.

Ele ressalta que o McDonald’s possui o dobro de lojas no Brasil, 8,5 vezes mais quiosques, 3 vezes mais receitas e 5 vezes mais Ebitda. Ao valor proposto, as ações negociariam 18,3 vezes o valor da empresa sobre o Ebitda histórico, enquanto que o McDonalds está em 7,61 vezes.

“Caso o BKB consiga crescer e aumentar sua produtividade por loja, certamente poderia fechar o gap com relação ao McDonald’s. O problema é que BKB deseja nos cobrar um preço elevado por uma promessa”, diz Hungria.

Operação

Hoje são sócios a Vinci Partners, 33%, o Capital Group, 31%, e o Temasek, 15%. Já a Restaurant Brands International, dona da marca Burger King, tem outros 15%. Os bancos coordenadores da oferta são o Itaú BBA, Bank of America Merril Lynch, Bradesco BBI, BTG Pactual, JP Morgan e XP Investimentos. A oferta será primária e secundária.

Segundo o prospecto da oferta, a empresa pretende usar os recursos captados no mercado para expansão orgânica de novos restaurantes e aceleração da abertura de kiosks de sobremesas nos próximos anos. Além disso, outra parte irá para a remodelagem de lojas existentes, implementação de inovações tecnológicas visando incremento de vendas e margem (como mobile app , quiosques de auto atendimento, e delivery).

“Além disso, a companhia pretende usar parte dos recursos com pesquisa e desenvolvimento de novas marcas de fast food”, informa a empresa.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você