Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Tesouro Direto: O que comprar até a votação da reforma da Previdência?

Gustavo Kahil - 04/04/2019 - 11:27
A aposta recai sobre uma exposição ao Tesouro Direto através dos títulos indexados à inflação (Imagem: Vitor Oliveira)

A reforma da Previdência, mais do que o ambiente internacional, é o principal evento para o mercado de títulos públicos no Brasil em 2019. O que comprar no Tesouro Direto, então, enquanto os políticos debatem e brigam (de fato) sobre o tema?

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Para o estrategista para pessoas físicas do Santander, Ricardo Peretti, a aposta recai sobre uma exposição ao Tesouro Direto através dos títulos indexados à inflação.

“No momento, o cenário-base para a maioria dos especialistas é de votação do texto da proposta na Câmara dos Deputados apenas no segundo semestre. Sendo assim, apesar dos percalços no meio do caminho, mantemos nosso viés construtivo sobre os ativos brasileiros e acreditamos que a aprovação da proposta se dará ainda em 2019”, explica o especialista.

Continua depois da publicidade

Tesouro Direto: Como fazer uma simulação de investimento?

Ainda assim, apesar desta visão favorável, o banco sugere uma alternativa conservadora, que se mostra mais adequada perante os riscos de não aprovação das reformas fiscais em tramitação no Congresso Nacional. Isso poderia deteriorar as expectativas de inflação futura.

“Dito isso, recomendamos a compra do Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035, que traduz o alongamento do prazo (duration) do título sugerido, sem abrir mão de proteção (indexação à inflação) dados os riscos que ainda se colocam à frente”, conclui.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você