Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Tesouro Direto é da galera: 845 mil já aplicam e número chega a recorde

Agência Brasil - 26/02/2019 - 12:42
Só em janeiro, foram registrados 58,8 mil novos investidores- (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O número de investidores ativos no Tesouro Direto cresceu 47,7% e atingiu 845 mil participantes. Só em janeiro, foram registrados 58,8 mil novos investidores ativos.  As informações são da Secretaria do Tesouro Nacional, vinculada ao Ministério da Economia.

-> Inscrições abertas: Você vai se tornar um investidor completo hoje mesmo (ver vídeo!)

Em relação ao número total de investidores cadastrados, o Tesouro Direito registrou, em janeiro, a marca de 3,3 milhões de participantes, um crescimento de 76%, com mais de 261 mil ingressos apenas nos últimos 30 dias. A maior parte das operações de investimento (títulos adquiridos) somam até R$ 5 mil e correspondem a 83,9% das compras do programa.

“Esse número reafirma o caráter democrático e pulverizado desse programa, uma forma de o Tesouro aliar formação e educação financeira da população em geral”, afirma o coordenador-geral de Operações da Dívida Pública, Luís Felipe Vital.

Tesouro Direto: Como fazer uma simulação de investimento?

O Tesouro Direto foi criado em janeiro de 2002 para popularizar a aplicação e permitir que pessoas físicas pudessem adquirir títulos públicos diretamente do Tesouro, via internet, sem intermediação de agentes financeiros. O aplicador só tem de pagar uma taxa à corretora responsável pela custódia dos títulos.

As vendas no mês de janeiro também bateram recorde histórico para o período, chegando a R$ 2,83 bilhões, com resgates R$ 2,55 bilhões. O estoque fechou o mês em R$ 54,9 bilhões, aumento de 1,27% em relação ao mês anterior (R$ 54,2 bilhões) e de 16,26% sobre janeiro de 2018 (R$ 47,2 bilhões).

O título mais demandado pelos investidores foi o indexado à Selic (Tesouro Selic), cuja participação nas vendas atingiu 47,9%. Os títulos indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais) corresponderam a 31,5% do total e os prefixados, 20,6%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Vitória Fernandes - 27/09/2019 - 13:40