Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Seguindo exterior, Ibovespa futuro inicia a sessão desta sexta com leve queda

Investing.com Brasil - 14/06/2019 - 9:36
Futuros do Ibovespa cai de forma estável nesta sexta-feira

Por Investing.com

Após fechar em alta na sessão da véspera, mais uma vez flertando com os 100 mil pontos, o índice futuro do Ibovespa começa a sexta-feira sem a definição de um rumo, recuando 0,03% aos 99.765 pontos em dia que se mostra negativo nos mercados externos.

As 5 principais notícias do internacional mercado desta sexta-feira

Continua depois da publicidade

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), espécie de sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), contraiu 0,47% em abril na comparação com o mês anterior, de acordo com dados dessazonalizados divulgados pelo BC nesta sexta-feira.

Confira as principais notícias dos jornais desta sexta-feira

A expectativa em pesquisa da Reuters era de avanço de 0,20% em abril sobre março. Na comparação com abril de 2018, o IBC-Br apresentou recuo de 0,62% e, no acumulado em 12 meses, teve avanço de 0,72%, segundo números observados.

O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) passou a subir 0,49% em junho depois de alta de 0,70% em maio, com enfraquecimento da alta dos preços ao consumidor, mostraram nesta sexta-feira dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado, entretanto, ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,35%.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índice geral, desacelerou a alta a 0,72% no mês de 0,84% em maio.

A economia da China emitiu mais sinais de alerta em maio conforme os Estados Unidos intensificam a pressão comercial, com o crescimento da produção industrial desacelerando inesperadamente para uma mínima de mais de 17 anos e o investimento diminuindo, o que destaca a necessidade de mais estímulo.

Apesar de algumas medidas de suporte desde o ano passado, a economia da China ainda enfrenta dificuldades, e investidores temem que uma guerra comercial mais longa entre as duas maiores economias do mundo possa provocar uma recessão global.

A produção industrial cresceu 5,0% em maio sobre o ano anterior, mostraram nesta sexta-feira dados da Agência Nacional de Estatísticas, contra expectativa de alta de 5,5% e abaixo dos 5,4% de abril.

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,40%, a 21.116 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,65%, a 27.118 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,99%, a 2.881 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,83%, a 3.654 pontos.

Mercados asiáticos em nova baixa nesta sexta-feira

A sessão desta sexta-feira se mostra negativa para as principais praças da Europa. Em Frankfurt, o DAX registra queda de 0,81% aos 12.070 pontos, enquanto que em Londres, o FTSE recua 0,54% aos 7.330 pontos. Já em Paris, o CAC cede 0,46% aos 5.351 pontos.

Commodities

Mais uma vez a jornada desta sexta-feira foi marcara por uma importante valorização dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento em setembro do atual calendário, somou 2,22% e foi para 783,80, variação diária de 17 iuanes tonelada.

Por outro lado, para o vergalhão de aço, o último dia útil da semana se mostrou negativo para os principais papéis negociados na bolsa de mercadorias de Xangai, também na China. O contrato de maior liquidez, para outubro deste ano, recuou 19 iuanes para um total de 3.755 iuanes por tonelada. Já o de janeiro de 2020, segundo mais negociado, perdeu 3 iuanes para 3.510 iuanes por tonelada.

O dia se mostra de rumos distintos para o petróleo após a volatilidade dos últimos dias. O barril do tipo WTI, referências de Nova York, recua 0,31%, ou US$ 0,16, a US$ 52,12. Já em Londres, o barril do tipo Brent soma 0,15%, ou US$ 0,09, a US$ 61,40.

Mercado Corporativo

O Grupo SBF, dono da rede de lojas de artigos esportivos Centauro (CNTO3), voltou à carga contra o rival Magazine Luiza (MGLU3) pela compra da Netshoes (NYSE:NETS), que viu as ofertas pelo seu controle mais do que dobrarem de preço em menos de dois meses.

A SBF ofereceu pagar 4,10 dólares por ação, perfazendo um total estimado em cerca de 127,3 milhões de dólares, afirmando seu “inequívoco interesse e apoio à combinação de negócios da Centauro e da Netshoes”, segundo trecho do fato relevante publicado nesta quinta-feira.

Netshoes
Disputa pela Netshoes eleva significativamente seu valor de mercado

O anúncio veio horas depois de o Magazine Luiza ter divulgado que subiu sua oferta anterior, de 3 para 3,70 dólares por ação, igualando o lance anterior da SBF, que na véspera elevara sua oferta de 3,50 para 3,70 dólares.

O movimento é mais um capítulo da corrida iniciada em abril, quando o Magazine Luiza anunciou acordo para comprar a Netshoes pelo equivalente a 2 dólares por ação. Quase um mês depois, A SBF entrou na disputa, oferecendo uma proposta concorrente de 2,80 dólares por ação.

A Cargill afirmou nesta quinta-feira que ela e a indústria alimentícia em geral não conseguirão cumprir o objetivo de eliminar o desmatamento até 2020, e prometeu aumentar suas ações para proteger florestas e vegetações nativas no Brasil.

A declaração da Cargill vem após dados mostrarem que o desmatamento da floresta Amazônica no Brasil, importante fornecedor de soja para a empresa, acelerou em maio, atingindo sua maior velocidade em uma década.

As maiores marcas mundiais em termos de consumo acertaram em 2010 uma meta de zerar o desmatamento líquido até 2020, estabelecida pelo órgão global do Consumer Goods Forum.

A Minerva (BEEF3) anunciou nesta quinta-feira a suspensão das férias coletivas previstas para a unidade de Barretos (SP) no período de 17 a 30 de junho, após retomada das exportações de carne bovina do Brasil, conforme informou mais cedo o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

Minerva
A Minerva tinha anunciado na terça-feira as férias coletivas para 635 funcionários da fábrica de Barretos, período que coincidiria com a suspensão das exportações de carne para a China

A Minerva tinha anunciado na terça-feira as férias coletivas para 635 funcionários da fábrica de Barretos, período que coincidiria com a suspensão das exportações de carne para a China imposta pelo governo federal, após um caso atípico de doença da vaca louca ser relatado no Mato Grosso.

Os preços do petróleo fecharam em alta de 2,2% nesta quinta-feira, depois de ataques a dois navios-tanques no Golfo de Omã gerarem preocupações a respeito de uma redução no fluxo de petróleo em uma das principais rotas marítimas do mundo.

Os ataques, que ocorreram em área próxima ao Irã e ao Estreito de Hormuz, reacenderam as preocupações quanto a um impacto nos fluxos a partir do Oriente Médio caso as seguradoras comecem a diminuir coberturas às viagens pela região e mais empresas de navegação suspendam novos embarques, disseram analistas.

Essa situação “poderia agravar ainda mais o problema da oferta”, afirmou Andy Lipow, analista da Lipow Oil Associates.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicou nesta quinta-feira o pré-edital de um mega leilão do pré-sal, que ofertará áreas de petróleo do excedente da cessão onerosa, na Bacia de Santos, e anunciou mudança na data do certame para 6 de novembro, ante 28 de outubro anteriormente.

O pré-edital, que contém anexas as minutas dos contratos, ficará em consulta pública até 3 de julho e, em 5 de julho, será realizada, no Rio de Janeiro, a audiência pública.

A rodada, que ocorrerá sob regime de partilha de produção, ofertará as áreas de desenvolvimento de Atapu, Búzios, Itapu e Sépia, com área total de 1.385 km². A assinatura dos contratos de partilha de produção resultantes da rodada está prevista para ocorrer até março de 2020.

A Petrobras (PETR4) informou nesta quinta-feira que concluiu a venda de 90% de sua participação na Transportadora Associada de Gás (TAG) para o grupo formado pela elétrica francesa Engie (EGIE3) e pelo fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ).

Estatal brasileira informou que já vendeu 90% da TAG

Segundo a estatal, o fechamento da transação ocorreu também nesta quinta-feira, com o pagamento total de 33,5 bilhões de reais para a Petrobras, sendo aproximadamente 2 bilhões de reais destinados à liquidação da dívida da TAG com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A Petrobras continuará a utilizar os serviços de transporte de gás natural prestados pela TAG, por meio dos contratos já vigentes entre as duas companhias, “sem qualquer impacto em suas operações e na entrega de gás natural para seus clientes”.

Agenda de Autoridades

O presidente Jair Bolsonaro começa a sexta-feira participando de um café da manhã com jornalistas. Ainda pela manhã, se reúne com Wagner Rosário, Ministro de Estado da Controladoria-Geral da União.

Na parte da tarde, viaja para São Paulo, onde acompanha a abertura da Copa América, com o jogo entre Brasil e Bolívia.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, inicia a sexta-feira com a apresentação “Política Econômica do Governo Brasileiro: aspectos de interesse das empresas italianas” em evento organizado pela Embaixada da Itália.

Na parte da tarde, tem Audiência com o diretor do Centro de Economia Mundial da FGV, Carlos Langoni, se reunindo em seguida com o economista Ernesto Lozardo, ex-presidente do IPEA.

Guedes tem ainda audiências com o presidente do banco BBM, Pedro Mariani, e com o conselheiro do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri), Armando Mariante e também com a economista Patrícia Carlos de Andrade.

Leia mais sobre: Ibovespa, Mercados

Última atualização por Bruno Andrade - 14/06/2019 - 9:38