Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Santander disponibiliza 240 bolsas gratuitas para curso de tecnologia

Diana Cheng - 21/10/2019 - 16:34
Os coders contarão com a mentoria de carreira da Digital House, onde poderão discutir sobre o futuro das profissões, identificar seu perfil profissional e em quais áreas poderão atuar (Imagem: Angel Navarrete/Bloomberg)

O Santander (SANB11), em parceria com o hub de educação Digital House, está com um projeto em andamento para formar mais de 200 profissionais em programa. São 240 bolsas integrais gratuitas para o curso de Web Full Stack.

Batizado de Santander Coders by Digital House, o projeto está com inscrições abertas. Os candidatos precisam ter mais de 18 anos.

“Nosso comitê de Cultura Digital, formado por executivos de diferentes áreas do banco, percebeu que teremos um aumento de demanda por profissionais das áreas de UX, Cyber Security, Empreendedores Digitais e Cientistas de Dados. Essa percepção, baseada também em pesquisas, nos levou a criar essa nova oferta”, explica Steven Assis, head do Santander Universidades.

Segundo o banco, a escolha do curso não ocorreu por acaso, uma vez que a digitalização das empresas está se tornando cada vez mais comum.

“Essa é uma oportunidade única para que pessoas que gostam de tecnologia, que desejam mudar de carreira ou mesmo ingressar no mercado de trabalho consigam se tornar verdadeiros coders”, afirma Edney Souza, diretor acadêmico da Digital House.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Além de todo o conteúdo oferecido no curso, os coders contarão com a mentoria de carreira da Digital House, onde poderão discutir sobre o futuro das profissões, identificar seu perfil profissional e em quais áreas poderão atuar. Os alunos também farão parte de uma lista fast track do Santander para possíveis contratações pelo banco.

O processo seletivo conta com duas vezes, sendo a primeira de teste de lógica. Todos que acertarem ao menos sete questões passarão para a próxima a etapa, que inclui um curso introdutório online para nivelar e validar competências.

Os selecionados terão 28 dias para concluir a segunda etapa. Ao fim do período, o banco escolherá os participantes do projeto, com duração prevista de cinco meses.

As aulas vão começar em janeiro de 2020, durante o período da tarde, no campus da Digital House, em São Paulo.

Última atualização por Diana Cheng - 21/10/2019 - 16:35