Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Plataforma Órama zera todas as taxas do fundo DI Tesouro

Equipe Money Times - 07/04/2019 - 20:01

A plataforma de investimentos on-line Órama decidiu zerar todas as taxas do fundo DI Tesouro, como custódia, despesas de auditoria, custos de autorregulação e operacionais. A iniciativa ocorre após a companhia zerar a taxa administrativa e prevê ainda a redução da aplicação mínima do fundo, que cai de R$ 1 mil para R$ 100.

“Apesar de ser uma aplicação muito popular, poucas pessoas se atentam aos custos de cada investimento. Mesmo o Tesouro Direto possui uma taxa de custódia de 0,25%. Já havíamos zerado a taxa de administração do DI Tesouro, que era de 0,20% a.a., mas agora, ele se torna até mais vantajoso do que investir diretamente no Tesouro Direto ou em qualquer outro fundo DI”, afirma Sandra Blanco, consultora de investimentos da Órama.

“Aliado à redução da aplicação mínima, o movimento representa mais um passo em nossa missão de democratizar os investimentos e de romper as barreiras entre as pessoas e o dinheiro. Estamos trazendo para as pessoas a melhor forma de ter uma reserva de emergência, segura, mais rentável e mais barata”, declarou Cristiane Bellotti, head de Marketing da Órama.

Continua depois da publicidade

Classificado como Renda Fixa Soberano, o fundo, que tem o objetivo de seguir a variação do CDI, possui uma carteira composta exclusivamente por títulos públicos pós-fixados (Tesouro Selic) – papéis da dívida do governo.

Após o primeiro aporte, a movimentação é livre, ou seja, é possível fazer aplicações de qualquer valor. Nos últimos dois anos, o fundo rendeu 18% a mais que a poupança.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você