Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Novas ações do Banco do Brasil saem 2% abaixo do valor em Bolsa, a R$ 44,05

Bloomberg - 17/10/2019 - 18:35
Banco do Brasil
A venda de ações do Banco do Brasil faz parte de um esforço mais amplo do governo brasileiro e de empresas estatais para vender ativos (Imagem: Facebook do Banco do Brasil)

O Banco do Brasil (BBAS3) e o FI-FGTS levantaram cerca de R$ 5,8 bilhões na oferta de ações do banco estatal, disseram pessoas familiarizadas com a transação.

O preço por ação do BB na oferta foi de R$ 44,05 – abaixo do fechamento de hoje em R$ 44,91 – disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas pois as informações ainda não são públicas. Pouco mais de metade das ações vendidas na oferta vieram do FI-FGTS, administrado pela Caixa Econômica Federal.

O restante foi vendido pelo próprio Banco do Brasil, que possuía as ações em sua tesouraria.

Os coordenadores da transação foram a unidade de banco de investimento do Banco do Brasil, Credit Suisse, Caixa, Itaú BBA, XP Investimentos e JPMorgan.

Caixa
A Caixa já vendeu a sua participação direta na Petrobras e indireta no IRB (Imagem: REUTERS/Pilar Olivares)

A venda de ações do Banco do Brasil faz parte de um esforço mais amplo do governo brasileiro e de empresas estatais para vender ativos, reduzir o tamanho do Estado e fortalecer as contas fiscais.

A Caixa lidera o movimento, tendo vendido uma participação que detinha na Petrobras (PETR3; PETR4). Outros fundos administrados pela Caixa venderam uma participação no IRB Brasil (IRBR3). O Banco do Brasil também vendeu ações da Neoenergia (NEOE3) no IPO da empresa.

O Banco do Brasil não comentou.

Última atualização por Gustavo Kahil - 17/10/2019 - 18:45