Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Mirae troca CCR, Cosam e Multiplan por BR, Gerdau Met. e Marfrig em junho

Investing.com Brasil - 03/06/2019 - 12:01
CCR deixou a carteira recomendada da Mirae Asset (Divulgação/CCR Nova Dutra)

Por Investing.com

A Mirae Asset divulgou nesta segunda-feira sua carteira recomendada referente ao mês de junho. Para o período, deixam o portifólio os papéis da CCR (CCRO3), Cosam e Multiplan (MULT3), dando espaço para BR Distribuidora (BRDT3), Gerdau (GGBR4) Met .e Marfrig (MRFG3).

Em maio, a carteira Meta teve desempenho acumulado de 1,10%, contra 0,7% do Ibovespa no mesmo período. O destaque positivo ficou para as ações da CCR, com salto de 17,2%, com P]ao de Açúcar perdendo 9,6% no mesmo período.

Mirae troca BRF e SulAmércia por Gerdau Met. E Usiminas em carteira semanal

Já na carteira de dividendos, o resultado de maio foi de 3,4%, também superior ao índice de dividendos, que foi de 3,1%, Destaque positivo para CCR, com avanço de 17,2% e negativo para Sanepar (SAPR11), queda de 8,0%.

Por fim, a Small Caps ficou no zero em maio, contra alta de 2,00% do índice de referência da bolsa paulista no mesmo período. SulAmércia, com alta de 12%, e CVC Brasil (CVCB3), com queda de 9,1%, fôramos extremos do mês.

A equipe da corretora espera que o mês de junho será de grande importância para se mensurar o nível de desaceleração da economia mundial, justificada pela continuidade da guerra comercial entre EUA e China e que por sinal não deve ceder. Expectativas podem ser criadas sobre o encontro dos presidentes destes dois países na reunião do G-20 ao final do mês, mas pelo andar da carruagem não se aparenta interesse de nenhum dos lados em ceder.

A questão do Brexit terá que ser definida e uma saída desorganizada do Reino Unido pode influenciar negativamente os mercados financeiro global. Vai começar o período de férias dos países do hemisfério norte, o que vai tirar liquidez dos mercado financeiro global.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Sem grandes vetores para formação do cenário econômico no exterior, esperamos mais um período de fraqueza para o mercado acionário nas principais bolsas de valores do mundo. Por aqui a situação pode ser inversa, pois o gatilho aqui é a reforma da Previdência e notícias positivas sobre a proximidade da votação no congresso pode gerar otimismo para o Ibovespa em detrimento do comportamento cambial e de juros.

Não se espera pressão inflacionária, dada à situação de fraqueza econômica e alto nível de desemprego ainda existente no país.

Carteira Meta: Banco do Brasil (BBAS3), BR Distribuidora, Cemig (CMIG4), Itaúsa (ITSA4), Gerdau Met., Marfrig, Pão de Açúcar (PCAR4), Petrobras (PETR4), Sanepar e Vale (VALE3).

Carteira Dividendos: AES Tietê (TIET11), Banrisul (BRSR6), Cemig, Engie (EGIE3) Brasil, Itaúsa, Porto Seguro (PSSA3), Sanepar, Taesa (TAEE11), CTEEP (TRPL4).

Carteira Small Capp: AES Tietê, Banrisul, Gerdau Met., Engie Brasil, Itaúsa, Porto Seguro, Sanepar, Taesa, CTEEP.

Última atualização por Bruno Andrade - 03/06/2019 - 12:04