Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Mirae segue otimista com Camil após divulgar queda de 41% no lucro do 2º trimestre

Diana Cheng - 11/10/2019 - 10:14
A receita líquida da Camil subiu 6,8% no segundo trimestre e totalizou R$ 1,2 bilhão

A Mirae Asset continua otimista em relação à Camil (CAML3), que divulgou seus resultados operacionais do segundo trimestre de 2019. A companhia de alimentos apresentou queda de 41% no lucro líquido ante o mesmo período do ano passado e encerrou o intervalo com R$ 40,1 milhões.

A receita líquida, por sua vez, subiu 6,8% e totalizou R$ 1,2 bilhão. O Ebitda consolidado foi de R$ 88,7 milhões, queda de 2,6% ante o segundo trimestre de 2018. Na mesma base comparativa, a margem ficou em 7,2% contra 10,4%.

“O Ebitda foi pressionado principalmente pelos custos com matéria prima, mostrando que o cenário interno ainda não está favorável para o repasse de custos”, comentou a corretora.

O volume de arroz vendido no mercado doméstico cresceu 2,4%. O açúcar comercializado, por sua vez, teve queda de 10%. Já no mercado externo, as vendas no Uruguai cresceram, mas os preços em dólar foram fracos.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Apesar disso, a Mirae espera que, com a recuperação da economia, inflação estável e recuperação gradual do emprego e da renda, “a empresa possa se beneficiar do melhor cenário, onde terá condições de repassar os custos represados”.

A Mirae recomenda compra para os papéis da Camil, com preço-justo de R$ 11 e potencial de valorização a médio prazo de 60%.

Veja abaixo o balanço trimestral completo:

Última atualização por Diana Cheng - 11/10/2019 - 10:15