Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ministro de comércio da China alerta para restrições contra companhias chinesas

Valter Outeiro da Silveira - 16/05/2019 - 7:48
Ações dos EUA contra companhias chinesas podem elevar tensões no âmbito comercial

O ministro de comércio da China alertou nesta quinta-feira (16) as ações dos EUA contra companhias chinesas, como a Huawei, podem elevar as tensões no âmbito comercial.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Na última quarta-feira (15), o presidente dos EUA Donald Trump declarou “emergência nacional” diante de ameaças contra a tecnologia norte-americana.

O Departamento do Comércio, em sequência, anunciou a adição da Huawei Technologies e de suas afiliadas a lista da BIS (Bureau of Industry and Security).

Continua depois da publicidade

Exclusivo! Cadastre-se para receber um dia antes a Carteira Money Times - O Consenso do Mercado

Com esta medida, empresários norte-americanos precisam de licença para transferir ou vender tecnologia a Huawei, dificultando o ambiente de negócios para a gigante de telecomunicações.

Ambiente normal

“Nós solicitamos aos EUA que parem com novas ações, para que as empresas chinesas tenham um ambiente mais normal para realizar negócios, para evitar maior escalada nas tensões entre EUA e China”, disse Gao Feng, porta-voz do governo chinês, conforme apurado pela reportagem da CNBC.

O porta-voz ainda criticou o uso da “segurança nacional” como ferramenta para o protecionismo, e enfatizou que operações em outros países de companhias chinesas devem respeitar as leis locais.

Taxação

Em postura distinta diante do tema, o presidente da França Emmanuel Macron ressaltou que existem algumas restrições mas são totalmente focadas no que se refere a segurança nacional.

“Não há protecionismo excessivo vis-a-vis a qualquer companhia global de tecnologia, pois necessitamos dessas empresas para fertilizar nosso ecossistema, nós queremos ser cada dia mais fortes e fortes para criar o número máximo de empregos”, declarou à CNBC.

A única medida ocorrida no setor de tecnologia foi um possível aumento de taxação de empresas gigantes de tecnologia, como Facebook, Google e Amazon, propondo uma taxa de 3% sobre as receitas domésticas

Leia mais sobre: China, EUA, Huawei, Tecnologia
Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você