Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Minério de ferro registra queda de 0,33% em Dalain

Investing.com Brasil - 25/03/2019 - 7:54
Commoditie se desvalorizou 0,33% nesta segunda-feira (Wikimedia Commons)

Por Investing.com

A jornada desta segunda-feira foi marcada por perdas para os contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de negócios, com data de entrega em maio deste ano, apresentou desvalorização de 0,33% a 611,0 iuanes por tonelada, o que representa uma variação diária de 2 iuanes.

Algo parecido com o que aconteceu no último ciclo de alta da Bolsa está prestes a se repetir. Veja como é possível ganhar ate +2.691% com estes ativos

Continua depois da publicidade

Em reaçaão ao vergalhão de aço, o primeiro dia da semana também foi de perdas para os papéis que são transacionados na bolsa de mercadorias da também chinesa cidade de Xangai. O contrato com mais liquidez, para entrega em maio, teve queda 69 iuanes para 3.692 iuanes por tonelada. O segundo mais negociado, de outubro, recuou 44 iuanes para 3.461 iuanes por tonelada.

Ibovespa pode ter 2 estreantes em abril; Taurus entra no IBrX 100

Os principais índices acionários chineses recuaram nesta segunda-feira, acompanhando vendas generalizadas globais, diante dos crescentes temores de uma recessão nos Estados Unidos e com a cautela antes de novas negociações comerciais entre EUA e China.

Negociações entre as duas potências econômicas ainda impactam no minério de ferro

“No curto prazo, algum dinheiro estrangeiro pode recuar das empresas de consumo uma vez que as vendas generalizadas em Wall Street podem levar a uma exposição acionária menor de investidores estrangeiros”, disse em relatório o TF Securities.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, viajarão a Pequim para discussões marcadas para 28 de março, enquanto uma delegação chinesa liderada pelo vice-premiê Liu He visitará Washington na próxima semana, disse a Casa Branca no sábado.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você
Futuros do Ibovespa em queda de olho na Previdência e no G20