Últimas Notícias Cotações Governo Bolsonaro Comprar ou Vender Empresas Economia
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Mercado começa a precificar fortalecimento de Alckmin

Investing.com Brasil - 20/07/2018 - 11:34
Fortalecimento da candidatura de Alckmin reflete no mercado

Por Investing.com – A recuperação dos preços do petróleo nos mercados internacionais e o cenário político local fazem com que as ações da Petrobras (PETR4) operem com forte valorização de 4,29% a R$ 19,19, na manhã desta sexta-feira na bolsa paulista.

A notícia de que os partidos que fazem parte do “Blocão”, antigo “Centrão”, devem apoiar a candidatura de Geraldo Alckmin ao Palácio do Planalto, foi bem recebida pelo mercado pelo potencial de impulsionar o nome do tucano, que ainda patina nas pesquisas eleitorais. Além de tempo de televisão, a aliança ainda disponibiliza importantes palanques nos estados.

Após dias de queda, os preços do petróleo apresentam recuperação nos mercados internacionais. O barril do tipo WTI, apesar da queda de 0,56%, a US$ 67,86, já indica recuperação. Já o barril do tipo Brent, negociado em Nova York, soma 0,26% a US$ 72,77.

ANP descartou uma frequência para os reajustes dos preços de diesel e gasolina (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Ontem, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou que deverá colocar em consulta pública, em cerca de 30 dias, uma minuta de resolução que pretende dar maior transparência para o setor de combustíveis, e a reguladora ainda descartou estipular uma frequência para os reajustes dos preços de diesel e gasolina.

O diretor-geral da ANP, Décio Odonne, disse a jornalistas que a agência buscará na minuta que fornecedores do mercado, como a Petrobras, publiquem preços praticados por pontos de venda e não a média nacional, método atualmente praticado pela petroleira estatal.

Para a XP Investimentos, a notícia é positiva para a Petrobras por reduzir preocupações relacionadas à intervenção em sua política de preços, além de enxergar uma leitura positiva para outros setores como o de distribuição de combustíveis. Apesar do alívio de curto prazo, os analistas ainda enxergam os riscos para a sustentabilidade da política de preços da Petrobras no futuro, principalmente tendo em vista a proximidade das eleições no Brasil.

Últimas Notícias