Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Liberação de crédito do compulsório será acelerada com Nova Previdência, diz XP

Diana Cheng - 16/10/2019 - 10:45
Dinheiro
Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), disse que apenas R$ 5 bilhões dos R$ 20 bilhões liberados pelo compulsório sobre depósitos a prazo foram para crédito (Imagem: Pixabay)

A XP Investimentos continua vendo espaço para uma maior dinâmica no volume de crédito no Brasil, que avança lentamente. A corretora espera que gatilhos como a aprovação da reforma da Previdência e o crescimento do PIB acelerem a liberação de crédito no mercado.

Na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), disse que apenas R$ 5 bilhões dos R$ 20 bilhões liberados pelo compulsório sobre depósitos a prazo foram para crédito.

O fato, de acordo com a XP, já não é novidade, “uma vez que os dados do próprio Banco Central e os balanços dos bancos já mostravam o tímido avanço no volume de crédito, principalmente nos bancos públicos”.

No mês passado, Campos Neto disse que é possível exigir “muito menos” que os R$ 450 bilhões atuais em depósitos compulsórios dos bancos, e voltou a falar sobre a intenção da autarquia em transformar o real em moeda conversível.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Recomendações

A XP tem recomendação de compra para o Bradesco (BBDC4), com preço-alvo por ação de R$ 45 e potencial de valorização em 12 meses de 29,35%.

Para os papéis do Banco do Brasil (BBAS3), a corretora também recomenda compra, com preço-alvo a R$ 39 e potencial em 13,54%.

Já para o Santander (SANB11), a recomendação é neutra, com preço-alvo de R$ 51 e potencial de 10,75%.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 16/10/2019 - 10:45