Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Inflação na Zona do Euro desacelera em setembro por conta dos preços de energia

Reuters - 01/10/2019 - 8:01
Preço ao consumidor nos 19 países que usam o euro subiu 0,2% em setembro sobre agosto e tiveram alta de 0,9% na comparação anual; setor elétrico responsável pela desaceleração (Imagem: Reuters/Ueslei Marcelino)

A inflação na zona do euro desacelerou mais em setembro na comparação com o ano anterior devido à energia mais barata, mas a alta do núcleo do índice acelerou, mostrou nesta terça-feira a primeira estimativa da agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat.

Os números destacam a diferença de opiniões sobre a situação da economia da zona do euro entre os diretores do Banco Central Europeu, que querem manter a inflação abaixo mas próxima de 2% mas falharam até agora em impulsionar o aumento dos preços apesar de anos de medidas não convencionais.

A Eurostat informou que os preços ao consumidores nos 19 países que usam o euro subiram 0,2% em setembro sobre agosto e tiveram alta de 0,9% na comparação anual, de 1,0% em agosto. Economistas consultados pela Reuters esperavam que o índice subiria 1,0%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O dado abaixo do esperado em setembro deveu-se principalmente à queda de 1,8% dos preços da energia sobre o ano anterior.

Sem os componentes voláteis de energia e alimentos não processados, o que o BCE chama de núcleo de inflação e acompanha para as decisões de política monetária, os preços aceleraram a alta a 1,2% em setembro, de 1,1% em agosto.

Última atualização por Lucas Simões - 01/10/2019 - 8:07