Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ibovespa opera em baixa, com pessimismo exterior e forte queda da BRF

Equipe Money Times - 07/02/2019 - 15:18

O Ibovespa opera em baixa nesta quinta-feira (7), marcada pelo maior impasse entre EUA e China em relação a guerra comercial, a medida um encontro entre os presidentes Donald Trump e Xi Jiaping “´é altamente improvável” de ocorrer antes do dia 1º de março, segundo apurado pela reportagem da CNBC.

Ambos os presidentes deverão se encontrar no início de março, porém o desrespeito em relação à data estabelecida pelos governos no último encontro do G20 para encerrarem as disputas no âmbito do comércio internacional indica possíveis reviravoltas e nebulosidade nas expectativas, ainda mais em torno dos movimentos do presidente Trump, altamente imprevisíveis.

Diante deste cenário, a aversão ao risco predomina, e investidores preferem alocar recursos em ativos mais seguros e em seus mercados locais, não favorecendo os mercados de renda variável.

O que move o mercado

Braskem/Odebrecht – As ações da Braskem (BRKM5) operam com desvalorização de 12,03% nesta sessão. Edição de hoje do Valor informa que a Odebrecht, controladora majoritária petroquímica, já sabe a venda para holandesa LyondellBasell, terá de receber parte do pagamento em dinheiro em uma parcela maior era negociado inicialmente. Leia Mais

Klabin/Resultado – Os papeis da Klabin (KLBN11) sobem 1,15%. A companhia divulgou na manhã de hoje que reverteu o prejuízo registrado no quarto trimestre de 2017 ao reportar lucro de R$ 913 milhões no mesmo período do ano passado.Leia Mais

BRF/Desinvestimentos – As ações da BRF (BRFS3) despencam 5%. Mais cedo, a companhia anunciou acordo para a venda de ativos na Europa e Tailândia por US$ 340 milhões para a Tyson Foods, mas adiou a meta de desinvestimentos em seis meses. Leia Mais

Leia mais sobre: Braskem, BRF, Ibovespa, Klabin, Mercados
Receba dicas EXCLUSIVAS de investimento em seu e-mail – Não é propaganda