Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ghosn pode renunciar a cargos na Renault

Agência Brasil - 23/01/2019 - 8:43
(Divulgação)

O executivo franco-brasileiro Carlos Ghosn, de 64 anos, está considerando a possibilidade de renunciar aos cargos de presidente do conselho e CEO da Renault. A informação foi divulgada pela NHK, emissora pública de televisão do Japão.

+ Veja aqui quais são as pequenas gigantes da Bolsa que podem te ajudar a transformar centavos em milhões

Ghosn está detido em Tóquio há mais de dois meses, devido a uma série de supostas irregularidades financeiras. Seu segundo pedido de liberdade foi negado por um tribunal de Tóquio nessa terça-feira (22). Ele ficará sob custódia da Justiça do Japão por mais dois meses. A defesa do empresário promete apelar.

A notícia surge no momento em que a montadora francesa se prepara para realizar uma reunião do conselho sobre a nova administração da empresa.

Vídeo: Veja a íntegra do discurso de Jair Bolsonaro em Davos

Os comandos das empresas Nissan e Mitsubishi Motors estudam processar o ex-presidente. As montadoras acusam Ghosn de receber compensação indevida de joint venture. Segundo as empresas, o executivo recebeu cerca de US$ 9 milhões.

De acordo com as montadoras, o dinheiro foi pago sob um contrato assinado por Ghosn com a joint venture, sem a aprovação do conselho de administração.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Receba dicas EXCLUSIVAS de investimento em seu e-mail – Não é propaganda