Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Futuros do minério de ferro recuam quase 1% em Dalian na espera de estímulos

Investing.com Brasil - 23/01/2019 - 8:07

Por Investing.com – Na cidade chinesa da Dalian, a sessão desta quarta-feira foi marcada por uma nova desvalorização nos contratos futuros do minério de ferro. O ativo com maior volume de negócios, e com data de vencimento no mês de maio deste ano, encerrou com perdas de 0,94% a 527,00 iuanes por tonelada, o que representa uma variação negativa de 5,00 iuanes.

Vale deverá apresentar “fortes resultados” no quarto trimestre, diz Safra 

A jornada também foi negativa para as transações futuras do vergalhão de aço, que acontecem na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai. O contrato de maior liquidez, também de maio, recuou 22 iuanes para um total de 3.644 iuanes por tonelada. Já o segundo mais negociado, de março, caiu 16 iaunes para 3.698 iuanes para cada tonelada do produto.

Os principais índices acionários chineses fecharam quase estáveis nesta quarta-feira, com as esperanças de mais medidas de estímulo para sustentar o crescimento econômico sendo compensadas pelas preocupações com a disputa comercial entre os Estados Unidos e a China.

Continua depois da publicidade

A China vai aumentar os gastos fiscais este ano para sustentar a economia, concentrando-se em cortes adicionais de impostos e taxas para pequenas empresas, disseram autoridades do Ministério das Finanças nesta quarta-feira.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A crescente pressão sobre a segunda maior economia do mundo afetou o crescimento no ano passado, que registrou seu nível mais baixo desde 1990, mesmo quando Pequim intensificou as medidas de estímulo e incentivou os bancos a realizar mais empréstimos.

O conselheiro econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, negou as notícias de que uma reunião preliminar de comércio entre autoridades dos EUA e da China foi cancelada, dizendo que a história não é verdadeira.

Continua depois da publicidade

Por mais que o presidente dos EUA, Donald Trump, queira impulsionar os mercados por meio de um pacto comercial com a China, ele não suavizará sua posição de que Pequim deve realizar reformas estruturais reais, incluindo a maneira como lida com propriedade intelectual, para chegar a um acordo.

Com Reuters.

Leia mais sobre: Commodities, Minério de ferro, Vale

Última atualização por Gustavo Kahil - 23/01/2019 - 8:24