Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

EUA pretendem expandir lista de empresas chinesas a serem banidas

Valter Outeiro da Silveira - 22/05/2019 - 7:47
Empresas são do setor de vigilância e deverão ter restrições em relação a componentes de fabricação e atualizações de software (Crédito: Pixabay)

Os EUA pretendem expandir a lista de empresas chinesas em sua lista negra do comércio internacional, elevando as tensões provocadas pelo banimento recente da Huawei, conforme apurado pela reportagem da Bloomberg.

As empresas são do setor de vigilância e deverão ter restrições em relação a componentes de fabricação e atualizações de software.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Washington está preocupada de que as câmeras das empresas, como Hangzhou Hikvision Digital Technology e Zhejiang Dahua Technology, possam ser usadas para espionagem, dada a tecnologia avançada de reconhecimento facial.

Em adição, vale destacar que ambas as companhias são acusadas por instituições de direitos humanos de facilitar a perseguição dos Uighurs, grupo muçulmano, na região oeste de Xinjiang.

“Esperamos que a companhia receba um tratamento justo e correto”, afirmou Huang Fanghong, secretária da Hikvision.

Leia mais sobre: Ásia, China, EUA, Internacional

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 22/05/2019 - 7:47