Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

China permitirá governos locais elevar dispêndios com infraestrutura via dívida local

Valter Outeiro da Silveira - 11/06/2019 - 7:50
Pequim busca promover crescimento econômico com base na infraestrutura (Pixabay)

A China permitirá flexibilizar restrições em torno de como governos locais poderão despender os recursos obtidos pela emissão de títulos especiais, em movimento focado apara estimular o crescimento econômico. A expansão do investimento desacelerou para 4,4% nos primeiros quatro meses do ano.

O Ministério das Finanças permitirá autoridades locais investir em patamar superior a seus orçamentos regulares. Além disso, seguradoras foram incentivadas a prover recursos para novas emissões no futuro.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A decisão almeja elevar a construção de infraestrutura na segunda maior economia do mundo, elevando a parcela a ser paga via moeda local. O montante levantado por Pequim em 2019 foi de 2,15 trihlões de yuans (US$ 311 bilhões).

Infraestrutura como motor

Para Liu Li-gang, economista-chefe do Citigroup em Hong Kong, “a política representa mudança significativa” em como Pequim utilizará o investimento em infraestrutura na promoção do crescimento econômico, ao invés de realizar cortes de impostos, conforme apurado pela Bloomberg.

O economista acredita que o investimento em infraestrutura poderá acelerar para até 8% em 2019. Por último, os governos locais serão estimulados para elevar os gastos no projeto da “Nova Rota da Seda”, que ligará a Ásia a Europa, assim como na Antiguidade.

Leia mais sobre: China, Citi, Internacional

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 11/06/2019 - 7:50