Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Cessão onerosa vai gerar maior valor à Petrobras e acelerar dividendos, projeta UBS

10/10/2019 - 12:32
Analistas do UBS listam recomendação de compra para as ações (Imagem: Reuters/Sergio Moraes)

Diante da aprovação das regras do leilão da cessão onerosa pelo TCU e da promulgação de lei pelo Congresso Nacional da data do processo para o próximo dia 6, o UBS publicou relatório avaliando os impactos para a Petrobras (PETR3PETR4).

“O reembolso a ser recebido pela Petrobras deverá acelerar o processo de desalavancagem e liberar valor de curto prazo aos acionistas”, opinam os analistas Luiz Carvalho e Gabriel Barra.

Para o banco suíço, a concretização da cessão onerosa poderá transformar a maior petrolífera da América Latina em uma “empresa pagadora de dividendos mais rápido do que o esperado pelo mercado”.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Reembolso em foco

Em relação à quantia de US$ 45 bilhões a ser recebida pela estatal, conforme projetado pela ANP, o UBS avalia que o montante é “acima de suas projeções” e foi pautado em “premissas que provavelmente não serão concretas”.

Desta forma, a projeção dos analistas é de reembolso dentro do intervalo de US$ 15 bilhões a US$ 20 bilhões.

A recomendação para as ações é de compra, com preço-alvo de R$ 34. Caso se materializem as projeções, o papel poderá subir 28,2% – de acordo com o último fechamento.

Credit mais otimista

“Governo deverá pagar valor menor do que previsto pela ANP”, dizem analistas (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

O Credit Suisse acredita que o valor a ser recebido pela petrolífera será de US$ 20 bilhões a US$ 30 bilhões. “Dentro deste contexto, continuamos a acreditar que provavelmente o governo pagará um valor menor a Petrobras”, avaliam os analistas Regis Cardoso e Victor Schmidt, em relação aos US$ 45 bilhões ventilados.

A recomendação dos ADRs (American Depositary Receipts) é de outperform (desempenho) acima da média do mercado, com preço-alvo de US$ 21 – upside (potencial de valorização) de 52,5% em doze meses conforme o último fechamento.

 

 

Última atualização por Diana Cheng - 10/10/2019 - 12:58