Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

CEO da IBM vê Amazon e Microsoft como aliadas em nuvem

Bloomberg - 17/09/2019 - 7:38
Presidente da IBM aposta em nuvens híbridas operadas por empresas como Amazon e Microsoft (Imagem: Akio Kon/Bloomberg)

A presidente da IBM, Ginni Rometty, aposta na nuvem híbrida, que permite à empresa oferecer serviços nos servidores baseados em nuvem de clientes corporativos, bem como nas nuvens de terceiros operadas por empresas como Amazon e Microsoft.

Tradicionalmente, a IBM tem visto esses gigantes da nuvem como concorrentes diretos, mas, agora, pretende fazer parcerias com essas empresas, oferecendo assistência a clientes que transferem bancos de dados confidenciais para a nuvem, independentemente de qual provedor usem.

A IBM, que tem sede em Armonk, Nova York, passou por muitas transformações em seus 108 anos de história: de uma fabricante de equipamentos de tabulação de cartões perfurados para computadores mainframe e, agora, para a nuvem.

IBM tem visto esses gigantes da nuvem como concorrentes diretos, mas, agora, pretende fazer parcerias (Imagem: Gabby Jones/Bloomberg)

“Esta empresa teve que ser reinventada muitas vezes”, disse Rometty em entrevista ao programa “CEO Spotlight”, da Bloomberg Television. “É algo que muitas outras empresas ainda precisam enfrentar. Uma coisa é lançar produtos, mas outra coisa é quando o cenário competitivo ataca seus principais modelos de negócios e você precisa desenvolver um novo.”

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Depois de uma batalha para acompanhar o mercado de nuvem por mais de uma década, a IBM decidiu adotar uma estratégia de nuvem híbrida, consolidando seu futuro com a aquisição de US$ 34 bilhões em 2018 da Red Hat, uma fornecedora de software de código aberto com sede em Raleigh, Carolina do Norte.

Na entrevista à BTV, Rometty disse que a Red Hat continuaria operando como uma unidade de negócios separada e distinta dentro da IBM.

“Devem permanecer comprometidos e neutros. Precisam estar em todas as plataformas de nossos concorrentes”, disse. “Temos concorrência e cooperação e, neste caso, a Red Hat é uma plataforma que abrange tudo isso.”

Última atualização por Lucas Simões - 17/09/2019 - 7:38