Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

App brasileiro Raízs fica em 2º lugar na competição global Creator Awards da WeWork

Diana Cheng - 11/01/2019 - 18:05
(Divulgação)

A plataforma brasileira Raízs, que venceu o Creator Awards Brasil ao oferecer produtos orgânicos do pequeno produtor a consumidores finais de grandes cidades, terminou em segundo lugar na final global do Creator Awards, realizada nesta última quarta-feira (9) em Los Angeles pela WeWork. Do montante de US$ 1,79 milhão distribuídos no evento, a iniciativa levou US$ 360 mil.

GRÁTIS: DEIXE SEU E-MAIL ABAIXO E RECEBA O MELHOR PRÉ-MARKET DO BRASIL

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“É claro que se trata de um negócio, mas também tem que ser uma paixão”, diz Tomás Abrahão, fundador da Raízs. “O negócio é o caminho, mas você acaba ganhando por causa do seu coração”. O criador da plataforma pretende usar o dinheiro do prêmio para investir em melhorias na área de tecnologia e infraestrutura física para, logo depois, tratar de melhorar o marketing e expandir o aplicativo.

Continua depois da publicidade

Chegou o Pré-Market Money Times! CADASTRE AGORA e Receba antes do mercado

A Medinas Health, plataforma norte-americana que ajuda organizações de saúde a gerar receita com equipamentos médicos e suprimentos excedentes, garantiu o primeiro lugar e US$ 1 milhão. A terceira colocação ficou a cargo da britânica Afrocenchix, empresa de tratamento natural/orgânico para cabelos, que levou US$ 180 mil.

A Angel House Cerebral Palsy, iniciativa chinesa que participou da categoria Sem Fins Lucrativos, foi a favorita do público presente no evento e recebeu US$ 250 mil. A organização fornece suporte para cuidadores e famílias de pessoas com deficiência.

O júri foi composto por Adam Neumann, CEO e co-fundador da WeWork, Ashton Kutcher, ator e investidor, Sean “Diddy” Combs, empreendedor, Gary Vaynerchuk, CEO da VaynerX e investidor, e Kirsten Green, capitalista de risco.

“Estou impressionado com a inteligência e a criatividade dos empresários que competiram nas finais globais do Creator Awards deste ano”, afirma Kutcher. Da assistência médica ao meio ambiente, passando por questões humanitárias como fome e falta de moradia, está tudo aí. Isso nos dá esperança de um mundo melhor”.

Neumann ressalta o impacto positivo que essas ideias têm sobre o mundo. “Esses empreendedores e organizações sem fins lucrativos realmente exemplificam o que significa viver com propósito. E é a razão pela qual lançamos o Creator Awards: para reconhecer, capacitar e recompensar aqueles que estão enfrentando alguns dos maiores e mais complexos problemas que nosso mundo enfrenta”, explica o CEO.

Veja os destaques do evento:

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você