Últimas Notícias Imóveis Carteiras recomendadas Comprar ou vender Finanças Pessoais Cripto Economia
Cotações por TradingView

Agronegócio

Ação da BRF ainda é atrativa, aponta Bradesco

Gustavo Kahil - 24/04/2018 - 10:25
O Bradesco decidiu derrubar o preço-alvo de R$ 50 para R$ 30, mas manter a recomendação de compra

A equipe de análise do Bradesco vê atratividade nas ações da BRF (BRFS3) apesar da forte valorização de 20% dos papéis na semana passada, mostra um relatório enviado a clientes nesta terça-feira (24). O analista João Pedro Soares explica que os ativos ainda estão depreciados e acumulam baixa de 30% em 2018.

“Nós avaliamos algumas oportunidades e desafios da empresa. No âmbito doméstico, a companhia deve continuar ganhando participação de mercado através de um mix de produtos mais acessível da Perdigão, enquanto os preços mais altos do milho devem forçar que alguns players reduzam capacidade, levando a uma dinâmica favorável de frango no segundo semestre de 2018”, aponta.

Soares ressalta que no exterior a empresa irá concentrar esforços para redirecionar as vendas de frango da União Europeia para outros mercados, como a América Latina e África. Ele calcula o impacto do embargo europeu em aproximadamente 5%. “Além disso, a BRF está melhorando as operações no Oriente Médio e normalizando as operações asiáticas, que devem impulsionar uma recuperação em 2018”, explica.

Com isso, o Bradesco decidiu derrubar o preço-alvo de R$ 50 para R$ 30, mas manter a recomendação de compra. O banco pontua que com um Ebitda anualizado de R$ 4,5 bilhões, as ações são negociadas a um múltiplo de 7,5 vezes o valor da empresa sobre o Ebitda. O nível está abaixo do intervalo dos últimos 3 anos de 8 a 10 vezes.

Últimas Notícias