Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

XP traz 6 mudanças em carteira e vê “respiro” do Ibovespa para fevereiro

Gustavo Kahil - 01/02/2019 - 18:44

A XP Investimentos realizou seis mudanças em sua carteira recomendada para fevereiro, mostra um relatório enviado a clientes nesta sexta-feira (1). Segundo a corretora, após alta de 14% do Ibovespa desde o final de dezembro, seguindo menores tensões na frente global e a priorização da agenda reformista pelo novo governo, um respiro no índice é possível.

Acompanhe as carteiras recomendadas de fevereiro

“O índice como um todo negocia próximo à média histórica em múltiplo Preço/Lucro (12,5x, vs. 12,3x), mas nomes expostos à atividade doméstica já negociam a prêmio de 22%. Em outras palavras, o mercado já antecipou parte da melhora do cenário no Brasil, e fevereiro pode trazer volatilidade”, explica o documento.

Segundo a corretora, as mudanças no portfólio de fevereiro tem como objetivo ganhar maior exposição ao ciclo global, com ações que ainda estão descontadas.

Mudanças

A XP anunciou a troca da BRF (BRFS3), com 10%, por JBS (JBSS3), com 15%.

“Vemos a BRF negociando a um valor justo, e portanto trocamos nossa preferência no setor de proteínas por JBS por acreditarmos na continuidade do forte desempenho operacional empresa e potencial para apreciação dos múltiplos”, aponta a avaliação.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Além disso, o peso para o Banco do Brasil (BBAS3) foi reduzido de 15% para 10% e da Localiza (RENT3) de 10% para 5%.

“Após forte desempenho atrelado à evolução de uma agenda liberal pelo novo governo, optamos por reduzir parcialmente nossa exposição a nomes cíclicos domésticos. Em contrapartida, aumentamos o peso de Gerdau e Azul”, diz a XP.

A Vale (VALE3), por fim, foi cortada de 15% para 10%. “Apesar de enxergarmos riscos decorrentes da tragédia de Brumadinho como precificados, por cautela preferimos reduzir nossa exposição”, conclui.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você
Receba dicas EXCLUSIVAS de investimento em seu e-mail – Não é propaganda