Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

William Alves: Tônica da Semana – Mercado é míope com a inversão da curva de juros nos EUA?

Opinião - 19/08/2019 - 16:43
“A leitura é de que com a recessão vindo, em algum momento os juros virão abaixo como resposta dos Bancos Centrais”, escreve William Alves (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Por William Castro Alves, economista e especialista em mercados internacionais – Acompanhe em “Bugg

RESUMO DA SEMANA EM FRASES ALEATÓRIAS…

China x EUA; Oh my God!; Paúra; recessão; curva de yield; China retalha; crise nos EUA; compra ouro; Hong Kong em clima de tensão; compra ouro;dólar explode; Argentina vai aos ares; antecipa eleição na Itáila; compra ouro; acabou, vende tudo; compra aproveita…

INVERSÃO DA CURVA DE JUROS E A PAÚRA

Mas, calma! Vamos por partes!

Houve uma celeuma muito grande com a inversão da curva de juros de 2 anos com a de 10 anos, o que em tese não faz sentido pois, em situações normais, os credores ou investidores requerem um juro maior quanto maior for o prazo. A leitura é de que com a recessão vindo, em algum momento os juros virão abaixo como resposta dos Bancos Centrais. Tal movimento reacende e reforça a ideia de recessão à vista, o que obviamente não é bom para o mercado. Simples assim.

Curva de diferença de juros de títulos de 2 e de 10 anos

Curva de diferença de juros de títulos de 2 e de 10 anos

Mas, tem um ponto que muitos se esquecem! Por que o yield dos títulos americanos de longo prazo caem? Porque mais pessoas compram esses títulos! Preços sobem e o yield correspondente cai! Mais pessoas apavoradas com o que vem pela frente compram os T-Bonds americanos e seus juros caem!

Como faço para operar isso? Quem quiser acompanhar os bonds do governo americano, existem vários ETF’s disponíveis. Alguns deles: TLT (T20Y), IEF (T7Y-10Y), IEI (T3Y-7Y). Eles subiram bem, dá uma olhada no gráfico abaixo!

Desempenho de ETFs atrelados a Treasuries - powered by TradingView

Desempenho de ETFs atrelados a Treasuries – powered by TradingView

TEMOS O DIFÍCIL TRABALHO DE PENSAR!

Meu trabalho aqui é pensar! Sempre posso estar errado! Mas ainda assim dou minha cara a tapa aqui neste espaço!

Essa paúra dos juros acaba retroalimentando esse conceito de eclosão de uma grande e grave crise global, gera aquele círculo vicioso com mais e mais economistas e jornais falando em recessão, tal qual ocorreu em dezembro de 2018. Tipo aquele pagodin clássico:

Aí vem o desespero

Machucando o coração

Eu me entrego por inteiro … “vendendo minha posição” (rs).

Voltando aos juros, essa foto aí embaixo é um bom meme da atualidade, adicione ali não só os economistas, mas o mercado.

Mas pera aí, faz sentido? É isso mesmo?

Postei no twitter que a inversão da curva em si só não garante NADA! Veja que o desempenho do S&P após a tal inversão foi de uma alta de 2,5% nos 3 meses após o episódio, +4,87% nos 6 meses seguintes, +13,48% um ano depois, +14,73% nos 2 anos seguintes, e +16,41% 3 anos depois, de acordo com dados do Dow Jones Market.

Desempenho S&P após inversão da curva

Desempenho S&P após inversão da curva

Não só isso, na média, demora ao menos 13 meses até alguma recessão bater. Nesse meio tempo a bolsa pode fazer altas de mais de 20% até o chamado pico. E isso tudo considerando que a história se repetirá, o que não necessariamente é verdade!

Pico S&P após inversão da curva
Pico S&P após inversão da curva

Tudo isso me faz lembrar das sábias palavras do gênio Peter Lynch:

“Muito mais dinheiro foi perdido com investidores se preparando para correções ou tentando antecipar correções que de fato nas correções”

Cedo ou tarde alguma crise virá pois a economia é cíclica, faz parte! Mas penso que, na realidade, temos mais uma vez a paúra tomando conta. Hoje me parece mais fumaça do que fogo! Lembrem-se: o mercado é míope!

Veja inclusive que os últimos dados macroeconômicos surpreenderam pela ponta positiva, ou seja, vieram melhores que o esperado! O Citi Economic Surprise busca capturar isso:

Índice Citi de Surpresa Econômica

Então você tem dados que mostram economia ARREFECENDO mas ainda em expansão; Bancos Centrais prontos para atuarem para segurar qualquer slowdown mais forte; potencial uso de políticas fiscais. Portanto, acho bem prematuro apostar em crise agora. Sim, o mundo anda estranho e esfriando, mas mercado é maníaco-depressivo e, a meu ver, tende a exagerar as coisas!

Como faço para operar isso? Quem não se intimida com uma potencial crise pode aproveitar a queda recente das ações nos EUA e se expor a alguma recuperação do maior mercado do mundo. O SPY e o QQQ são 2 ETF’s que te permitem exposição ao S&P e Nasdaq; tem outros que são alavancados, ou seja, 2x ou 3x a variação do índice.

OURO É O OURO BIXO?

Um fato que reforça essa percepção é o de que nos últimos dias MUITA GENTE me procurou querendo saber como investir em ouro ou mineradoras de ouro! Obviamente que o ouro já subiu bem, NINGUÉM veio me perguntar com uma tese concreta de oferta e demanda da commodity. A maioria queria comprar porque não para de subir e tem uma “crise aí” e a unica salvação é o ouro.

Ouro Futuros - Powered by TradingView

Ouro Futuros – Powered by TradingView

Fora isso me parece um “trade crowdeado”, ou seja, muitos hedge funds já apostando na alta, será que haverão mais compradores para continuar a puxar o metal para cima?
Posso estar errado, mas definitivamente não entro no ouro agora!

Como faço para operar isso? Para quem quiser se exportem um ETF de código IAU que é uma opção. Ou para quem busca alavancagem tem o NUGT que oferece 3x a variação do ouro! De maio para cá acumula alta de 140%!

O BRASIL… SUAVE NA NAVE

No Brasil, o ajuste externo se deu pelo câmbio (dólar). Real se desvalorizou rapidamente tal qual outras moedas de países emergentes. Estamos bem, mesmo assim em qualquer sinal de crise o câmbio responde rápido! Isso só reforça a tese de diversificação internacional!

Gráfico USD/BRL - Powered by TradingView

Gráfico USD/BRL – Powered by TradingView

Juros nem se mexeu! “Tá tranquilo, tá favorável”?

Gráfico Brasil a 10 anos - Powered by TradingView

Gráfico Brasil a 10 anos – Powered by TradingView

E vamos falar a verdade, a bolsa brasileira (linha verde) quase nem caiu meus Srs e Sras! Abaixo a comparação com os emergentes (linha vermelha). Da máxima ao fechamento de sexta foram -5,7% algo a meu ver bem normal.

Comparativo desempenho Bolsa Brasileira e emergentes

Comparativo desempenho Bolsa Brasileira e emergentes

Sigo otimista e minha mão coça para comprar algumas ações, aproveitar e usar o caixa de 8% que acumulei na minha Carteira.
Como faço para operar isso? Essa é fácil né! Além das ações no Brasil, lá fora você pode comprar o ETF “EWZ” que oferece exposição a ações brasileiras + o câmbio. E para os mais otimistas o BRZU oferece alavancagem de 3x ao EWZ!

FORTES EMOÇÕES

Mercado é feito de fortes emoções, olhando a frente tem bastante coisa “bacana” para ocorrer, então estejamos preparados! Uma montanha-russa de eventos que tendem a gerar volatilidade aos mercados.

Eventos das próximas semanas

Eventos das próximas semanas

A esses teríamos ainda que adicionar as votações internas, reformas e etc.
SE CONSELHO FOSSE BOM …

Se conselho fosse bom a gente cobrava e não dava de graça…kkk

Ainda assim, humildemente te digo: ninguém vai te avisar quando a próxima crise vai bater! Nenhum youtuber, educador, analista, guru, gênio, cartomante, e muito menos eu! Porque ninguém sabe quando ela vem!

Partindo desse ponto de partida, cabe a nós nos preparamos, psicologicamente e em termos de conhecimento sobre mercado. Ao investirmos em empresas nos tornamos sócios delas, então temos que saber o que se passam com elas! Foquem nas empresas nas quais vocês investem seu dinheiro! Tal qual quando compramos algo de valor e pesquisamos informações, façam o mesmo com ações! Eu faço isso com as minhas e ainda assim tomo algumas surpresas, mas ainda assim o resultado tem sido muito bom! #ficadica.

Última atualização por Renan Dantas - 19/08/2019 - 17:22