Últimas Notícias Imóveis Carteiras recomendadas Comprar ou vender Finanças Pessoais Cripto Economia
Cotações por TradingView

Indústria

WEG avança mais de 3% com resultado trimestral acima das expectativas

Investing.com Brasil - 18/07/2018 - 11:54

Weg

Por Investing.com – Na manhã desta quarta-feira, as ações da WEG (WEGE3) operam com forte valorização de 3,85% a R$ 18,89, destacando-se assim entre os ganhos do Ibovespa, apenas atrás dos ativos da Eletrobras (ELET3). A companhia divulgou na manhã de hoje que registrou lucro líquido 24% maior no segundo trimestre.

A XP Investimentos ressalta o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) subiu 25,6%, para R$ 465,5 milhões, superando assim a aposta da corretora de alta de 15% de 9% do consenso do mercado.

Já as receitas ficaram 10% acima do esperado pelos analistas e também pelo consenso, impactadas principalmente pelo crescimento do segmento de GTD (Geração, Transmissão e Distribuição de Energia), pela recente aquisição da TGM e também por um real mais fraco (o mercado externo representou 57% da receita).

O lucro líquido ficou em linha com as estimativas, em R$ 337 milhões. A XP espera uma reação positiva do papel, reiterando a recomendação neutra para a WEG, com preço-alvo de R$ 17,70 por ação.

Já para a Coinvalores, a margem EBITDA seguepressionada, caindo dos 16,2% registrados há doze meses para 15,2% agora, enquanto o EBITDA subiu 25,6% na mesma base de comparação.

Na divulgação do resultado, que abre a temporada de balanços das empresas brasileiras, a WEG ressaltou o aumento de 34 por cento na receita operacional líquida, para o valor recorde de 3,057 bilhões de reais.

Ajustando a receita operacional aos efeitos da consolidação das aquisições WEG Transformers USA e do negócio de turbinas a vapor TGM, o crescimento foi de 26,2 por cento em relação ao segundo trimestre do ano passado.

No Brasil, onde a receita operacional líquida cresceu 35,6 por cento, o crescimento foi impulsionado pela “melhora da conjuntura econômica e pela maior participação de novos negócios na receita”, disse a empresa.

A expansão da receita operacional no exterior, que foi de 32,8 por cento em reais e 19 por cento em dólares, foi concentrada nas vendas de equipamentos de ciclo curto, mas a WEG disse que começam a surgir oportunidades em projetos que demandam equipamentos de ciclo longo, principalmente para os segmentos de óleo e gás e papel e celulose.

A receita da empresa também foi impactada positivamente pela valorização do dólar ante o real.

O aumento da receita foi acompanhado por custos mais elevados dos produtos vendidos, com elevação de 36,1 por cento no segundo trimestre na comparação anual, com redução de 1,1 por cento na margem bruta. Os custos subiram, segundo a WEG, principalmente por causa da consolidação da aquisição da WEG Transformers USA.

As despesas com vendas, gerais e administrativas subiram 27,8 por cento, para 429,2 milhões de reais e, segundo a empresa, também foram impactadas pela desvalorização do real, já que parte das despesas se refere a operações no exterior.

Com Reuters.

Últimas Notícias