Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Votação do 2º turno da reforma da Previdência ficará para agosto, dizem líderes e ministro

Agência Câmara - 12/07/2019 - 20:32
De acordo com Onyx Lorenzoni, votação ocorrerá em 6 de agosto (Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Líderes partidários e o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmaram que a votação em segundo turno da reforma da Previdência (PEC 6/19) será realizada em agosto. O Plenário da Câmara deve encerrar a análise em primeiro turno da matéria na noite desta sexta-feira (12).

Para o líder do PP, deputado Arthur Lira (AL), não há prejuízos para reforma, ao deixar o restante da sua apreciação para depois do recesso parlamentar. “A reforma já está pacificada, todos nós sabemos o texto, os destaques que foram rejeitados. Além disso, o Senado está de recesso e não pode analisar a matéria”, argumentou.

Vice-líder da Minoria, o deputado José Guimarães (PT-CE) também confirmou que o segundo turno da reforma fica para agosto. “É uma vitória importante da oposição, pois dará tempo para o Brasil conhecer os votos dos seus parlamentares e para a gente apresentar alguns destaques, a fim de reduzir o dano da reforma”, declarou Guimarães.

Continua depois da publicidade

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Onyx Lorenzoni informou que o segundo turno deve ocorrer no dia 6 de agosto. Segundo o ministro, com a aprovação da reforma, o sistema previdenciário brasileiro ficará saneado. “Vamos poder pagar em dia as aposentadorias e as pensões. Em agosto, virá ao Congresso uma nova PEC tratando da capitalização, que é o futuro do Brasil”, comentou. “Resolvemos o passado e o presente pelo sistema de repartição e vamos ter um novo regime até o final do ano.”

Última atualização por Renan Dantas - 12/07/2019 - 20:33