Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Vivo neutra, Tim positiva: Safra divulga estimativas para resultados do setor de telecomunicações

23/10/2019 - 11:55
“Esperamos um lucro de R$ 1 bilhão e um Lucro por Ação (LPA) de R$ 0,62, afetado por provisões taxativas mais altas”, comentam os analistas sobre a Telefônica

A equipe de análise do Safra estima uma leve melhora nos resultados operacionais do terceiro trimestre das companhias de telecomunicação brasileiras, com Tim Participações (TIMP4) se saindo melhor do que a Telefônica Brasil (Vivo (VIVT4)).

Telefônica Brasil

Os analistas Luis F. Azevedo e Silvio Dória acreditam que a receita líquida da empresa irá aumentar ligeiramente na comparação ano a ano por conta da base de telefonia pós-paga, que levou ao aumento de dois pontos percentuais das receitas de serviços móveis.

De acordo com o banco, a receita líquida também deve ser influenciada pelo aumento das receitas de venda de aparelhos, que deve aumentar 39,1%. A alta deve compensar o declínio do negócio de telefonia fixa.

O Ebitda ajustado deve apresentar uma boa melhora na margem, passando para 36,2%.

“Esperamos um lucro de R$ 1 bilhão e um Lucro por Ação (LPA) de R$ 0,62, afetado por provisões taxativas mais altas”, comentam Azevedo e Dória.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Tim Participações

Os resultados da Tim sairão melhores do que os da Telefônica, segundo o Safra.

“Estimamos um bom resultado para a Tim, com ligeira aceleração no crescimento das receitas de serviços móveis e boa performance no controle de despesas”, avaliam os analistas.

A previsão é de que as vendas continuem aumentando na base ano a ano, registrando crescimento de 2,1% no terceiro trimestre.

O Ebitda ajustado deve crescer 5,8%, alcançando R$ 1,7 bilhão devido aos ganhos adquiridos com o processo de digitalização.

O Safra projeta um lucro líquido ajustado de aproximadamente R$ 563 milhões, 45,1% a mais na comparação ano a ano.

Recomendações

O banco traz recomendação neutra para a Telefônica, com preço-alvo de R$ 55 e potencial de valorização de 1%.

Para os papéis da Tim, a recomendação é de outperform (acima da média do mercado), com preço-alvo de R$ 16 e potencial de 37%.

Última atualização por Diana Cheng - 23/10/2019 - 11:55