Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Via Varejo avança com acionistas aprovando fim da cláusula da “pílula do veneno”

Investing.com Brasil - 04/06/2019 - 14:09
Ações da companhia avançam 2,42% a R$ 5,07

Por Investing.com

Em meio a uma série de notícias que colocam a Via Varejo (VVAR3) próxima de ser vendida, as ações da companhia voltam a ser negociadas com importante alta nesta terça-feira, avançando 2,42% a R$ 5,07. Na noite de ontem, os acionistas da companhia aprovaram a retirada da chamada cláusula relativa à “pílula de veneno” do estatuto social. Já os papéis do Pão de Açúcar somam 1,26% a R$ 88,87.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A aprovação, que já era esperada no mercado, é um importante passo para agilizar a venda da participação do Grupo Pão de Açúcar (PCAR4) na companhia, que foi justamente a justificativa apresentada para aprovação da mudança.

Continua depois da publicidade

A cláusula condiciona a compra de participação acima de 20% da Via Varejo à uma oferta aos demais acionistas minoritários no prazo de até 60 dias. Sem ela, agora não será preciso que as condições sejam estendidas e que poderia ser recebida de forma negativa pelo mercado. Porém, no caso da companhia, o interesse é que ela seja vendida para voltar a trazer resultados com a saída do atual controlador.

O Pão de Açúcar garante que os recursos provenientes da uma eventual venda da Via Varejo deve ser mantidos no Brasil. O Casino é o controlador do GPA, e sua holding, a Rallye, anunciou dias atrás medida de proteção contra credores para renegociar dívidas. A participação de 36,2% do GPA na Via Varejo equivale hoje a R$ 2,32 bilhões, e 100% da empresa na bolsa vale R$ 6,42 bilhões.

Nas últimas semanas, surgiram diversas informações sobre a venda da companhia, que poderia voltar ao controle da família Klein, fundadora das Casas Bahia, ir para um grupo americano especializado em recuperação de empresas, ser vendida para Amazon (AMZN) ou até mesmo para a Americanas.

Última atualização por Diana Cheng - 04/06/2019 - 14:09