Últimas Notícias Imóveis Carteiras recomendadas Comprar ou vender Finanças Pessoais Cripto Economia
Cotações por TradingView

Mercados

Vale e siderúrgicas têm dia de importante valorização na B3

Investing.com Brasil - 16/05/2018 - 12:21

Investing.com – Mesmo com a leve desvalorização do preço do minério de ferro nos mercados internacionais, a quarta-feira é um dia positivo para as ações das empresas do setor de siderurgia e mineração. A alta do preço do dólar, que chegou a ser negociado a R$ 3,6874, é um dos fatores que favorecem as empresas que têm boa parte de suas receitas atreladas à moeda americana.

As ações da Usiminas (SA:USIM5) apresentam ganhos de 3,37% a R$ 10,73, enquanto as da CSN (SA:CSNA3) têm valorização de 1,91% a R$ 9,59. No caso da Gerdau (SA:GGBR4), a alta é de 2,14% a R$ 8,12 para a metalúrgica, enquanto as da siderúrgica avançam 1,74% a R$ 18,08.

No caso da Vale (SA:VALE3), a alta nos papéis é de 1,88% a R$ 55,69, com a Bradespar (SA:BRAP4) somando 1,94% a R$ 35,70. As ações da mineradora vão para o sexto dia consecutivo de alta, sendo que somente em maio a valorização é de mais de 14% e de 38,45% em 2018. Os ativos estão no maior valor desde janeiro de 2011.

Os contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa chinesa de mercadorias de Dalian, encerram a jornada desta quarta-feira com desvalorização de 0,92% a 482,50 iuanes por tonelada do produto, fechando assim a sessão com variação de 4,50 iuanes nos papéis com data de vencimento em setembro.

Para o vergalhão de aço, que tem seus contratos futuros negociados em Xangai, o ativo de maior liquidez, para entrega em outubro, fechou o dia estável a 3.677 iuanes para cada tonelada. Já o segundo ativo mais negociado, com vencimento em janeiro de 2019, houve alta de 13 iuanes para 3.532 iuanes para cada tonelada.

Por Investing.com

Leia mais sobre: Mercados, Vale

Últimas Notícias