Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Usiminas segue CSN e reajusta aço em 23% para montadoras, diz agência

Investing.com Brasil - 05/01/2018 - 9:21

Investing.com – Depois da Companhia Siderúrgica Nacional (SA:CSNA3) (CSN) agora é a vez da Usiminas (SA:USIM5) reajustar o preço do fornecimento de aço para as montadoras. A informação, divulgada pela Coluna do Broadcast, não é oficial, mas a o reajuste deve ser de 23%, mesmo valor confirmado pela CSN.

Apesar do aumento elevado, as siderúrgicas buscavam um valor ainda maior, de 25% segundo a publicação. Os contratos com as empresas do setor automotivo é anual, com as negociações de preços acontecendo sempre no começo de cada período.

No fim de outubro, o diretor comercial da CSN, Luis Fernando Martinez, havia comentando que estava pretendendo obter reajuste de 25 a 30 por cento nos preços do aço vendido a montadoras em 2018.

“Vamos acompanhar a paridade internacional com um prêmio de 5 a 10 por cento. Em havendo movimentos de alta em 2018 vamos acompanhar aqui dentro essas oscilações”, disse a fonte, acrescentando que os contratos com montadoras de veículos variam de 6 meses a um ano, enquanto com a indústria são trimestrais e semestrais.

A indústria brasileira de veículos, que é responsável por cerca de um terço da demanda das siderúrgicas do país, interrompeu em 2017 série de quatro anos de queda nas vendas, encerrando o ano com crescimento de 9 por cento. Para 2018, a expectativa do setor é de expansão na casa dos dois dígitos. Até o final de novembro, a produção do setor havia crescido 25,5 por cento, impulsionada pelo mercado interno e vendas ao exterior.

Segundo dados do Instituto Aço Brasil (IABr), a produção de aços laminados planos de janeiro a novembro do ano passado subiu 12 por cento sobre o mesmo período de 2016, para 12,6 milhões de toneladas. Já a de aços longos, mais usados na construção civil, teve queda de 2,7 por cento, a 8 milhões de toneladas.

Por Investing.com

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você
Receba dicas EXCLUSIVAS de investimento em seu e-mail – Não é propaganda