Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Transferência de Custódia: saiba como mudar suas ações de corretora

Opinião - 25/04/2019 - 21:15

Ao decidir por realizar investimentos, um dos principais cuidados que deve ser tomado é na hora decidir com qual corretora você irá fechar e aplicar o seu dinheiro. O ideal é sempre procurar aquela que melhor se enquadra no seu perfil de investidor e que seja capacitada para dar todo suporte necessário ao cliente.

Entretanto, nem sempre acertamos logo na primeira vez e não é difícil se arrepender de ter contratado a corretora x no lugar de contratar a corretora y.

Porém, nem tudo está perdido. Se você quiser mudar de corretora, saiba que é possível fazer a transferência de custódia das suas ações. Antes de contratar, procure sempre saber como agir, caso um dia queira ou precise realizar esse tipo de ação.

Continua depois da publicidade

No artigo de hoje, trazemos tudo o que você precisa saber sobre transferência de custódia e como mudar as suas ações de corretora. Confira.

A nova onda de IPOs já chegou! Deixe o seu-email e saiba como ganhar com ela!

Seu dinheiro vale!

Quando você decide investir o seu dinheiro em títulos ou ações, existe uma série de passos que você precisa seguir antes de efetivar a contratação.

Talvez o principal passo seja buscar por uma boa corretora, que vá atender todas as suas expectativas, te orientar, traçar junto com você qual é o seu perfil de investidor para decidir qual é o melhor tipo de investimento para você. Afinal, estamos falando do seu dinheiro e você quer fazer o melhor uso dele possível.

Por isso, é de extrema importância ter certeza do que está fazendo e, mais do que isso, ter certeza de que está fazendo a coisa certa.

É preciso ter consciência de que, embora existam milhares de corretoras disponíveis no mercado, nem todas elas servem para o seu objetivo.

Dessa forma avalie bastante, pois caso você invista com essa corretora e depois queira mudar, você precisará fazer a transferência de custodiadas suas ações.

Transferência de Custódia: O que é?

Antes de saber como transferir suas ações de uma corretora para outra, é importante saber o que é a transferência de custódia.

E fazer isso, não significa nada além de transferir os seus investimentos independente de qual tipo seja sendo de uma corretora para outra.

Você transfere os cuidados das suas ações e investimentos de um banco ou financeira para outra instituição. Para realizar a transferência de custódia é preciso saber que não será necessário que você faça nenhum tipo de resgate, afinal, você só está transferindo a responsabilidade de uma empresa para outra.

Com a transferência, você deixa de acompanhar seus investimentos pela plataforma de uma empresa e passa a acompanhar pela plataforma da outra.

Quais investimentos podem ser transferidos?

Na hora de decidir mudar de corretora, muitas pessoas ficam com dúvida sobre quais tipos de ativos podem ter a transferência de custódia.

É preciso saber que praticamente todos os ativos podem ser transferidos, mas que o processo de transferência muda de acordo com o tipo.

Embora os Fundos Imobiliários, títulos do Tesouro Direto e as Ações sejam o tipo de títulos mais transferidos, eles não são os únicos com essa possibilidade.

Para a transferência desse tipo de títulos é necessário que o cliente preencha um formulário de solicitação de transferência de valores mobiliários e entregue à instituição financeira de onde deseja retirar os investimentos. É importante verificar com a sua corretora quais procedimentos seguir.

Entretanto, também é possível transferir os títulos de renda fixa, como: os CDBs, LCAs e LCIs, entre outros.

Normalmente, o processo de transferência de custódia desse tipo de ativo é mais burocrático, por isso, você deverá verificar com as duas corretoras, a de onde quer tirar e a para qual quer transferir, verificando quais são os procedimentos que você deverá seguir.

Passo a Passo para Transferência de Custódia

Os procedimentos para efetivar a transferência de custódia das suas ações de uma corretora para a outra irão variar de acordo com cada instituição financeira.

Entretanto, no geral, as corretoras seguem mais ou menos o mesmo fluxo, com poucas variações.

Abra uma conta na sua nova corretora;

Entre em contato com a corretora onde os seus ativos estão investidos;

Faça solicitação do “Formulário de Transferência de Custódia”, relacionando quais ativos você quer transferir;

Preencha, reconheça firma e envie a documentação;

Atender às solicitações realizadas;

A corretora de onde você irá retirar os seus ativos normalmente tomará as medidas necessárias para concretizar a transferência dos seus títulos.

O que acontece depois de transferido?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre quais procedimentos seguir depois de ter a transferência de custódia concluída.

Geralmente, sua antiga corretora não irá cancelar a sua conta, a menos que você faça essa solicitação.

Eles manterão sua conta, para caso no futuro você decida fazer novos investimentos com eles, não precisa passar pelo processo burocrático de abertura de contas tudo de novo. Caso você decida manter, tarifas de manutenção podem ser cobradas, de acordo com as políticas da instituição.

Mas, caso seja o seu desejo, você pode encerrar sua conta sem que nenhum tipo de tarifa seja cobrado de você.

Após a transferência, a nova corretora passa a ser a responsável por cuidar das suas ações e investimentos e você conseguirá fazer o acompanhamento pela plataforma disponibilizada pela nova corretora. Além de contar com eles para te dar orientações e sanar suas dúvidas.

Como escolher uma corretora?

Todo mundo tem direito de contratar um serviço e, tempos depois, perceber que a empresa que você contratou não atende a todas as suas expectativas.

Entretanto, para evitar dor de cabeças futuras é importante saber escolher bem a corretora com a qual você vai investir o seu dinheiro.

A menos que você seja um milionário, cada centavo que você ganha, você precisa suar bastante para ganhar e você não quer ver o seu dinheiro ir embora de uma hora para outra por não saber escolher uma boa corretora para te ajudar na hora de aplicar seu dinheiro.

Mesmo com a possibilidade de transferência de custódia, o ideal é procurar por corretoras que atendam às suas expectativas, sem necessidade de troca.

Para isso, na hora de decidir é preciso estar atento a alguns detalhes que são importantes:

Taxas

Busque por corretoras que tenham taxas atraentes. Desconfie das muito baratas, mas tenha cuidado para não cobrarem de você taxas extremamente abusiva.

Processos simples

Lembre-se, você está buscando uma corretora não somente para investir, mas também para obter orientações. Por isso, busque aquelas que tenham os processos mais simplificados, de forma que você consiga entender todas as etapas. Sempre com cautela, também desconfiando das que prometem simplicidade demais.

Agilidade

As oportunidades no mercado de investimentos têm prazos praticamente limitados. Você não vai querer perder uma oportunidade porque a corretora tem processos lentos. Desde a abertura da sua conta, até a efetivação do investimento, sua corretora precisa apresentar processos ágeis.

Disciplina

No Brasil, não é comum ter aulas de Educação Financeira, como acontece em outros lugares do mundo. Por isso, procure optar pelas corretoras que, além de te ajudarem a fazer o seu dinheiro render, te orientem, te ajudem com informações úteis sobre investimento.

Transparência

Procure pela corretora que mantenha todos os processos às claras e te mantenha informado sobre tudo relativo ao seu investimento. Uma boa comunicação também é essencial, já que ela será responsável por cuidar das suas ações e títulos investidos.

Escolher sua corretora com cuidado reduz bastante a necessidade de uma transferência de custódia no meio do investimento.

É seguro fazer a transferência de custódia?

Embora ninguém escolha uma corretora pensando na possibilidade de trocá-la no “meio do caminho” também não é problema nenhum se você precisar fazê-lo.

Por isso, caso haja a necessidade, saiba que você pode solicitar a transferência de custódia dos seus títulos sem correr nenhum risco de perda sobre os seus investimentos. Caso seja a escolha do cliente, a seguradora tem obrigação de fazer os trâmites para isso acontecer.

Além disso, faça sempre uma boa pesquisa sobre a corretora escolhida, para evitar surpresas negativas no futuro.

Afinal, é o seu dinheiro e ninguém quer ter prejuízos por conta de corretoras que não são capacitadas para gerenciar investimentos de terceiros.

Muito pelo contrário. Quando investimos, estamos esperando sempre um retorno positivo, que no caso é um bom rendimento dos investimentos aplicados.

Por isso, procure sempre por empresas que ofereçam uma boa comunicação, transparência, tenha experiência e boa reputação no mercado financeiro. Busque por especialistas de verdade, para te auxiliar em todo o processo de aplicação e transferência de custódia, caso seja necessário.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você