Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Top picks na construção civil? Confira as duas escolhas do Bradesco BBI

-

O Bradesco BBI divulgou relatório analítico a seus clientes nesta terça-feira (12), no qual analisa o guidance de 2019 da Tenda (TEND3), listando os principais destaques: faixa de margem bruta ajustada de 34% a 36% e faixa líquida de vendas entre R$ 1,95 bilhão e R$ 2,15 bilhão.

Para os analistas, a cautela ainda permanece. “Embora a forte demanda no segmento de baixa renda possa impulsionar os números operacionais das construtoras, nossas estimativas para a Tenda em 2019 estão conservadoras na faixa inferior da orientação publicada pela empresa”, afirmam Luiz Maurício Garcia e Maria Clara Negrão.

Tenda propõe desdobramento de ações e convoca AGE

As estimativas do Bradesco BBI giram em torno de 34,7% para a margem bruta ajustada e de R$ 2,01 bilhão em vendas líquidas. Apesar do conservadorismo, os analistas destacam as projeções altas de provisões para contingências, na casa de aproximadamente R$ 60 milhões por ano, como possíveis drivers para melhora nas expectativas da Tenda, caso haja menores provisões.

” Direcional (DIRR3) e Tenda (TEND3) continuam sendo nossas principais recomendações no segmento de construção residencial”, afirmam o Bradesco BBI, listando dois argumentos para sua preferência: o melhor posicionamento de ambas para ambiente mais competitivo no programa MCMV (Minha Casa Minha Vida) e; média entre o rendimento e o FCF/EV (Fluxo de Caixa Livre/Valor de Mercado) de 15% contra 8% do setor, “sustentando nosso status de top picks do setor de construção civil”.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você