Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Suzano é nossa favorita no setor de papel e celulose, diz Bradesco BBI

Valter Outeiro da Silveira - 06/02/2019 - 15:14

Suzano

A equipe de análise do Bradesco BBI divulgou relatório a seus clientes nesta quarta-feira (6) com a atualização das estimativas para a Suzano (SUZB3), após reunião com o CEO e o CFO da empresa.

Acompanhe as carteiras recomendadas de fevereiro

De acordo com os analistas Thiago Lofiego e José Cataldo, o foco principal da companhia é na extração de sinergias e na desalavancagem. Em relação ao primeiro ponto, o Bradesco BBI destaca a surpresa positiva “em algumas frentes”. Por sua vez, no tocante ao menor nível de endividamento, os analistas acreditam que um patamar de dívida líquida na casa dos R$ 35 bilhões “seria ótimo” – R$ 10 bilhões a menos do que os atuais R$ 45 bilhões.

Continua depois da publicidade

Para a instituição, a economia de escala predomina. “A empresa está ciente de seu papel de liderança no mercado global de celulose e a administração reiterou que a sua visão em relação à estratégia de volume continua sendo um dos principais pilares para a criação de valor, já que pode potencialmente levar a uma menor volatilidade de preços”, afirmam os analistas.

Por fim, os analistas reafirmam a melhora na dinâmica do mercado de celulose, projetando retomada das exportações após o Ano Novo Lunar na China, na casa de US$ 720,00 a US$ 730,00 por tonelada, e reiteram a preferência pelas ações no setor de papel e celulose.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você