Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Suco de laranja dispara e supera até mesmo a valorização do petróleo

Investing.com Brasil - 15/03/2019 - 11:58
Suco da fruta registrou alta de 12%

Barani Krishnan/Investing.com

A fruta cítrica favorita dos americanos está explodindo nos gráficos.

Desde que a Bloomberg publicou uma matéria negativa sobre a laranja há dois meses, relatando que os preços estavam nas mínimas de 2016, os futuros de suco de laranja de repente entraram em território altista por causa da redução da oferta além do esperado e de preocupações com o clima seco, o que fez com que os investidores pessimistas se tornassem compradores.

Continua depois da publicidade

Carteira Money Times: O Consenso do Mercado na sua Mão

A reversão não foi nada menos do que impressionante.

Um rali três vezes mais potente do que o do petróleo

O suco de laranja está prestes a registrar um ganho de 12% na semana, um rali quase que três vezes mais forte do que o do petróleo.

(Por Investing.com)

Os futuros de suco de laranja se desvalorizaram ao todo 9% nos primeiros dois meses do ano, em razão da safra abundante. Em dezembro, a queda foi ainda maior, de 13%.

Mas com o rali atual – o maior em três anos –, o resultado agora é uma leve valorização no acumulado do ano.

Os gráficos técnicos sugerem que o cenário pode melhorar ainda mais.

No fechamento de quinta-feira, o contrato de suco de laranja com vencimento em maio na ICE Futures U.S. fechou a US$ 1,2493 por libra.

Analistas técnicos sugerem “Forte compra” em suco de laranja

Analistas técnicos do Investing.com estão recomendando “Forte Compra” para o suco de laranja de maio, fixando o potencial de alta mais forte em US$ 1,3171, ou mais 5% acima dos níveis atuais.

Não faltou ironia para o trader independente e analista gráfico de commodities, Mike Seery, cuja resposta para o rali desta semana foi um publicação em seu blogintitulada: “O que está acontecendo com o suco de laranja?”

Garanta um método eficaz para gerar renda adicional periodicamente

O fundador da Seery Futures, em Plainfield, Illinois, declarou:

“Venho falando do mercado de suco de laranja já faz algum tempo, após o rompimento para cima do nível de US$ 1,2280.”

“Mas os preços avançaram muito rápido, tive receio de cair numa cilada, então ainda continuo de fora.”

Seery disse ainda que, se os preços voltarem para o patamar de US$ 1,22, poderia abrir uma compra.

Embora pareça que um fundo tenha se formado no suco de laranja, Seery também sugere que os comprados colocaram seus stops abaixo da mínima de vários anos de US$ 1,1490 como estratégia de saída, caso o mercado reverta a direção.

Pressão pode aumentar se o clima continuar bom para as colheitas

Quais são os fundamentos climáticos para o suco de laranja e será que o mercado pode subir mais uma vez?

Jack Scoville, analista de commodities agrícolas no The Price Futures Group, em Chicago, afirmou que a safra de laranja na Flórida, principal estado produtor nos EUA, continuou ativa, mas o clima era predominantemente seco.

Um clima mais quente do que o esperado para esta época do ano ou até mesmo um clima frio poderiam resultar em laranjas secas, pois as laranjeiras estão se recuperando do estresse antes de melhorar sua produtividade.

Scoville afirmou que a disponibilidade da fruta era abundante na Flórida, mas complementou dizendo que os produtores estavam vendo laranjas “de tamanho pequeno a médio”, e a irrigação estava sendo usada em todas as partes para fazer frente ao clima seco.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A floração para a próxima safra estava em andamento, segundo ele, e uma nova fruta estava começando a se formar em alguns laranjais. Boas condições climáticas também foram registradas no Brasil, principal país produtor, de acordo com Scoville, e algumas chuvas benéficas eram esperadas para esta semana, um sinal de que o mercado poderia sofrer pressão vendedora novamente se essas condições benignas continuarem.

Leia mais sobre: Agricultura, Opinião, Petróleo
Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você