Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Sem lançamentos no 1º trimestre, Viver apresenta prejuízo de R$ 14,8 milhões

Diana Cheng - 14/05/2019 - 19:47
Viver Imóveis
Os dados presentes no relatório mostram que a empresa encerrou o período com prejuízo de R$ 14,8 milhões ante o volume negativo de R$ 18,7 milhões em 2018 (Imagem: Site da Viver)

A incorporadora e construtora Viver (VIVR3), em meio ao processo de recuperação judicial, divulgou nesta terça-feira (14) o balanço do primeiro trimestre de 2019. Os dados presentes no relatório mostram que a empresa encerrou o período com prejuízo de R$ 14,8 milhões ante o volume negativo de R$ 18,7 milhões dos primeiros três meses de 2018.

Quer concorrer a R$ 300? Responda esta pesquisa sobre investimentos em 2 minutos

Exclusivo: O segredo para ganhar com Petrobras em qualquer cenário

Continua depois da publicidade

O resultado veio por conta da baixa margem dos projetos do legado e pela amortização de juros de SFH vinculados a dívidas desvinculadas da recuperação judicial. A falta de novos lançamentos no período também foi determinante para a apresentação desses dados.

A receita líquida caiu 256,5%, revertendo assim o valor positivo de R$ 2,3 milhões do primeiro trimestre do ano passado. Dessa forma, o resultado do trimestre anterior ficou no negativo, em R$ 3,6 milhões.

Exclusivo! Cadastre-se para receber um dia antes a Carteira Money Times - O Consenso do Mercado

O Ebitda fechou no negativo. De R$ 3,8 milhões no primeiro trimestre de 2018, o valor passou para R$ 2,5 milhões. A margem Ebitda, por sua vez, passou de -164,4% para 70,9%.

Confira o balanço completo abaixo:

Última atualização por Gustavo Kahil - 14/05/2019 - 19:47