Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Sem lançamentos, Gafisa tem prejuízo de R$ 46 milhões no 1º trimestre

Gustavo Kahil - 15/05/2019 - 10:01
Gafisa
Os resultados ainda não retratam o impacto da nova gestão, explica a empresa (Divulgação: Site da Gafisa)

A Gafisa (GFSA3) apresentou um prejuízo de R$ 46 milhões no 1º trimestre de 2019, valor um pouco abaixo do número negativo de R$ 53,5 milhões anotados um ano antes, mas uma expressiva melhora em comparação com as perdas de R$ 121 milhões dos últimos três meses de 2018, informou a empresa em um comunicado.

“O ano de 2019 será um ano de reconstrução da companhia. Implementaremos uma gestão com senso de dono, que represente de fato o interesse dos acionistas, onde Conselho de Administração e Diretoria estejam próximos e alinhados no direcionamento operacional e estratégico”, disse Roberto Luz Portella, Diretor-Presidente da empresa, em nota.

Segundo ele, os resultados ainda não retratam o impacto da nova gestão, que foi eleita no dia 27 de março, e estão relacionados às decisões tomadas pela administração anterior.

O Ebitda ajustado recorrente, que representa o resultado operacional da companhia, foi negativo em cerca de R$ 23 milhões no 1º trimestre de 2019, uma redução de 77% se comparado ao valor negativo de R$ 98,4 milhões relativo aos três meses antecedentes. O valor foi positivo em R$ 5,653 milhões um ano antes.

A receita líquida totalizou R$ 95,4 milhões, o que representa um decréscimo de 59% em relação ao valor reportado no início de 2018, resultado do menor volume de vendas e evolução de obras no período.

Entregas

No primeiro trimestre, apesar de não ter realizado lançamentos, a Gafisa entregou o empreendimento Like Aclimação, totalizando 136 unidades líquidas de permuta, cuja a soma dos VGVs (Valores gerais de vendas) alcançou o valor de R$ 80,1 milhões livres de corretagem.

Atualmente, a Gafisa conta com 14 canteiros de obras ativos e 4 projetos que terão suas obras iniciadas em breve.

Vendas

As vendas brutas totalizaram R$ 91,3 milhões, uma redução de 40,5% na comparação trimestral e de 68,9% na anual.

“O primeiro trimestre do ano é um período sazonalmente mais fraco em virtude das férias escolares/carnaval e com maior concentração de gastos das famílias. Além disso, todo este processo de reestruturação pelo qual a Companhia está passando, bem como a expectativa de retomada econômica ainda não concretizada, afetaram o desempenho de vendas no período”, indica a Gafisa.

Os distratos mantiveram a tendência de queda dos períodos anteriores, atingindo R$ 41,4 milhões, o que representa uma redução de 28,3% em relação ao ano passado.

Estoque

O valor de mercado do estoque da companhia ao final dos primeiros três meses de 2019 totalizou R$ 1,12 bilhão, uma queda de 8,3% em relação ao trimestre anterior.

O banco de terrenos da empresa possui VGV estimado em R$ 3,83 bilhões e corresponde a 33 projetos/fases potenciais totalizando 6.782 unidades Gafisa. Por volta de 70% dos terrenos foram adquiridos por meio de permutas, e destes, a maior parte está localizada em São Paulo.

Veja a íntegra do resultado:

Última atualização por Gustavo Kahil - 15/05/2019 - 10:52