Informação independente faz a diferença

Santander troca ação em carteira com foco em dividendos

O Santander realizou uma troca em sua carteira recomendada de ações com o foco em dividendos para o mês de outubro, mostra um relatório enviado a clientes.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Em setembro, o portfólio teve alta de 4,29% contra 3,15% do Ibovespa. No ano, a carteira tem valorização de 19,8% e o Ibovespa 24%.

As ações do Banco do Brasil (BBAS3) passam a ocupar o lugar dos ativos da B3 (BVMF3).

Segundo Ricardo Peretti, estrategista para pessoas físicas do banco, “a entrada de Banco do Brasil reforça nosso otimismo sobre o setor bancário brasileiro, que deve passar a apresentar melhores resultados à medida em que a concessão de crédito voltar a acelerar e o montante de provisões for sendo reduzido, graças a melhores níveis de inadimplência”.

Ele ressalta que o BB é historicamente um bom pagador de dividendos (2,99% de dividend yield esperado para 2018), o que tende a beneficiar suas ações num cenário de juros nominais menores como o atual, avalia.

A saída da B3 se justifica por um movimento de realização de lucro de aproximadamente 29% desde que ela foi incluída em fevereiro, considerando a distribuição de proventos no período.

“Embora continuamos considerando B3 como uma empresa propícia a se beneficiar do cenário de queda de juros e aumento dos negócios em bolsa (volume de IPOs e follow-ons em 2017 deve ser o melhor dos últimos 10 anos), acreditamos que grande parte desta vantagem já tenha sido precificada pelo mercado (empresa negocia a 21,7x Preço / Lucro 2018e, acima da sua média histórica)”, afirma Peretti.

Veja a carteira:

Santander

 


 

Últimas Notícias