Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Safra indica nove fundos imobiliários apaixonantes para se investir em janeiro

13/01/2020 - 17:50
Analistas revelam melhores recomendações para janeiro (Imagem: Unsplash/@luqizilla)

O novo panorama de investimentos envolve a crescente atratividade das ações, com maior número de pessoas físicas na bolsa, e a popularização dos fundos imobiliários.

Entre ações e fundos imobiliários, existem semelhanças e diferenças, o que exige maior nível de aprofundamento de estudos pelo investidor sobre qual modalidade comprar.

Dentro da relação de risco e retorno, os fundos imobiliários podem ser considerados mais seguros que as ações, seja pela previsibilidade de rendimentos, seja pelo menor número de fatores exógenos capazes de alterar o valor do ativo.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Selic em 4% ao ano

Neste contexto, o Safra publicou sua carteira recomendada de fundos imobiliários para janeiro, contendo oito ativos com potencial de valorização no mês.

Inicialmente, os analistas avaliam que a junção entre inflação sob controle e o hiato do produto “ainda bastante aberto” permite “espaço adicional para o afrouxamento da política monetária”.

Roberto Campos Neto
Campos Neto poderá levar Selic a 4% ao ano (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

“Assim, reafirmamos nosso call que considera taxa Selic em 4,00% ao final desse ciclo, contando com mais dois cortes consecutivos de 25 pontos-base nas reuniões de fevereiro e março”, diz o Safra.

Mudanças

Em relação ao portfólio de dezembro, houve somente uma alteração: a retirada do RBR Alpha Fundo de Fundos (RBRF11), diante da “valorização de 12,52%” no último mês.

Em substituição, foi incluso o Mogno Fundo de Fundos (MGFF11), “deixando a exposição setorial inalterada”.

Confira a carteira recomendada de janeiro

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 14/01/2020 - 17:36

Medo do coronavírus leva Ibovespa a pior queda em 10 meses