Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Rússia e Arábia Saudita alertam sobre oferta excessiva de petróleo por menor demanda

Valter Outeiro da Silveira - 11/06/2019 - 5:51
Ministros demonstraram preocupações em meio a desaceleração no crescimento global (Imagem: Pixabay)

A Rússia e a Arábia Saudita levantaram preocupações em torno do horizonte do petróleo em relação a tendência de queda na demanda pela desaceleração global.

Os ministros de Energia de ambos os países relataram temores em relação ao óleo bruto durante reunião em Moscou na última segunda-feira (10), conforme apurado pela reportagem da Bloomberg.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“Hoje os maiores riscos são de excesso de oferta”, declarou Alexander Novak, ministro da Energia da Rússia, durante encontro com Khalid Al-Falih, ministro de Energia da Arábia Saudita. “O que nós concordamos é que precisamos de uma análise mais profunda e visualizar como os eventos aparecerão em junho”, completou Novak.

Khalid Al-Falih ressaltou o compromisso da Opep (Organização dos Países Produtores de Petróleo) em não reallizar choques de oferta excessiva. “Tanto no nível bilateral quanto no nível da Opep+, trabalhamos no sentido de tomar ações preventivas para não permitir que esse cenário ocorra”, disse. O ministro demonstrou preocupação com o patamar de US$ 40,00 o barril de Brent.

Encontros em foco

O ministro de Energia da Arábia Saudita considera extensão dos cortes na oferta de petróleo na próxima reunião de 25 de junho, quando ocorrerá a 176ª conferência da Opep em Viena, capital da Áustria, com a participação dos outros 14 membros.

Antes disso, os ministros da Energia do G20 se reunirão entre 15 e 16 de junho em Nagano, no Japão. O encontro dos presidentes dos 20 países aliados ocorrerá entre 28 e 29 de junho em Osaka, também no continente asiático.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 11/06/2019 - 7:51