Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

RD, Unidas, Porto Seguro, B3, Renner e Marcopolo entram em ex-JCP na quarta

Investing.com Brasil - 25/06/2019 - 12:35
A Porto Seguro irá distribuir JCP relativos ao primeiro semestre de 2019, no montante  bruto, imputados ao valor do dividendo obrigatório relativo ao exercício social de 2019 (Divulgação/Porto Seguro)

 Por Investing.com 

A jornada desta terça-feira marca a data-limite para que o investidor se posicione com as ações da Raia Drogasil (RADL3), Locamerica (LCAM3) (Unidas), Porto Seguro (PSSA3), B3, Lojas Renner (LREN3) e Marcopolo (POMO4) para fazer jus à distribuição de Juros sobre Capital Próprio. Desta forma, os ativos passam a ser negociado em ex-direitos na sessão de quarta-feira, com os yields variando de 0,18% a 1,13%.

No caso da RD, o conselho de administração aprovou a distribuição de JCP no valor bruto a ser pago por ação de R$ 0,162303512, que não sofrerá nenhuma atualização monetária até a data do pagamento, que será definida pela administração, mas que deve ocorrer até o dia 3 de dezembro deste ano. O montante líquido é de R$ 0,138. O yield, considerando o valor de fechamento da sessão de ontem, é de 0,18%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Para a Locamerica (Unidas) serão pagos um total de R$ 39.856.274,26, o que vai representar um montante de R$0,2703705797 por ação, com retenção de 15%, a título de Imposto de Renda Retido na Fonte. O total líquido é de R$ 0,230, com yields de 0,47% e pagamento programado para o dia 8 de julho.

Já a Porto Seguro irá distribuir JCP relativos ao primeiro semestre de 2019, no montante de R$ 230.911.963, bruto, imputados ao valor do dividendo obrigatório relativo ao exercício social de 2019.

O valor bruto dos JCP corresponde R$ 0,71456757 para cada uma das ações, desconsideradas as ações em tesouraria. Sobre este montante incidirá retenção de imposto de renda na fonte à alíquota de 15%. A data de pagamento dos JCP será fixada na Assembleia Geral Ordinária da Companhia, a realizar-se até 30 de abril de 2020, com valor líquido de R$ 0,607 e yield de 1,13%, considerando o valor de fechamento de segunda-feira.

No caso da Lojas Renner, os JCP serão relativos ao exercício de 2019, com um valor total bruto de R$ 61.497.339,71, o que representa um total de R$ 0,077650 por ação, considerando a quantidade de 791.981.194 ações ordinárias, das quais já foram excluídas as ações em tesouraria. O total líquido por ação é de R$ 0,066.

Lojas Renner
No caso da Lojas Renner, os JCP serão relativos ao exercício de 2019, com um valor total bruto de R$ 61.497.339,71 (Imagem: Money Times)

O pagamento será efetuado até 10 dias após a Assembleia Geral Ordinária de 2020. A importância correspondente ao pagamento dos JCP será imputada no cálculo do dividendo obrigatório do exercício de 2019. O yield é de apenas 0,14%.

Já a B3 aprovou o pagamento dos proventos relativos ao segundo trimestre do ano em um montante de R$ 390 milhões, o que equivale a R$ 0,19046980 bruto por ação, que, descontado do Imposto de Renda Retido na Fonte, será de R$ 0,16189933.

A bolsa informou que o pagamento será realizado no dia 17 de julho, com o yield, com base no valor do ativo ao final da sessão de ontem, é de 0,41%.

O Conselho de Administração da Marcopolo aprovou o pagamento de JCP, por conta do exercício de 2019, à razão de R$ 0,03 por ação representativa do capital social da companhia, sendo que, do referido valor será retido o Imposto de Renda na Fonte, conforme legislação em vigor.

O valor líquido dos referidos juros, de R$ 0,026, será imputado ao dividendo obrigatório declarado antecipadamente, por conta do presente exercício de 2019. O pagamento será realizado no dia 4 de outubro e o yield, com base no fechamento de ontem, é de 0,66%.

Última atualização por Rafael Borges - 25/06/2019 - 12:35