Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

QuintoAndar se torna o 9° unicórnio brasileiro; conheça o grupo do bilhão

Diana Cheng - 10/09/2019 - 17:48
Com aporte, startup pretende acelerar seu crescimento e ganhar escala geográfica (Imagem: Divulgação/QuintoAndar)

Ainda que raro, atingir o valor de mercado de US$ 1 bilhão está se tornando um feito cada vez mais comum entre startups. O QuintoAndar anunciou nesta terça-feira (10) que conseguiu captar US$ 250 milhões em uma rodada de investimentos Série D liderada pelo grupo SoftBank, integrando o grupo das empresas brasileiras bilionárias.

Segundo um relatório elaborado pela Distrito, acredita-se que o termo “unicórnio” surgiu em 2013 após o Facebook comprar o Instagram pelo valor de US$ 1 bilhão. De lá para cá, o que era considerado quase impossível já foi alcançado por centenas de startups espalhadas pelo mundo. Só no Brasil, nove empresas alcançaram o posto dentro de um ano.

Até julho, oito empresas haviam alcançado o posto, de acordo com a matéria da Veja. Com a entrada do QuintoAndar, a lista aumentou para nove, e a tendência é de que volte a crescer em breve.

QuintoAndar

A startup especializada em aluguel de imóveis já tem planos para o investimento mais recente que recebeu. Além de ampliar seu projeto de parceria com imobiliárias, o QuintoAndar tem a intenção de ganhar escala geográfica.

Desde sua última rodada de captação, liderada pela General Atlantic, a empresa tem dado mostras de crescimento acelerado. Ao longo dos últimos nove meses, a startup passou a operar em outras seis regiões metropolitanas e triplicou sua receita. Atualmente, o QuintoAndar supera a marca dos 1 mil funcionários. A intenção é contratar mais.

Por mês, a empresa estima fechar cerca de 4,5 mil contratos, número cinco vezes superior à quantidade apresentada em 2018.

Arco Educação

Estima-se que seu valor de mercado da Arco esteja em US$ 2,2 bilhões (Imagem: Reprodução/Facebook Arco)

Com pouco mais de dez anos de atuação, a empresa do segmento de educação se tornou um unicórnio em setembro de 2018 após captar US$ 200 milhões com a abertura de seu capital na Nasdaq. Estima-se que seu valor de mercado esteja em US$ 2,2 bilhões. O quadro de funcionários também se destaca em número, apresentando 1,5 mil profissionais.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Gympass

Em janeiro deste ano, a empresa conseguiu um aporte inicial de US$ 190 milhões pela rodada do SoftBank, o suficiente para registrar seu primeiro bilhão (Imagem: Reprodução/Gympass)

A empresa, que possui um sistema de assinaturas de academias, foi fundada em 2012 e tem sede em Nova York, Estados Unidos. Em janeiro deste ano, conseguiu um aporte inicial de US$ 190 milhões pela rodada do SoftBank, o suficiente para registrar seu primeiro bilhão. A startup registra mais de 1 mil funcionários.

iFood

O valor de mercado estimado da empresa é de US$ 2 bilhões (Imagem: Divulgação iFood)

A plataforma de delivery possui 1,8 mil funcionários e possui sede em São Paulo. Em novembro de 2018, a Movile, holding brasileira que adquiriu controle do iFood em 2014 e dona das startups Sympla, PlayKids e Apontador, liderou um aporte de US$ 500 milhões no seu carro-chefe. O valor de mercado estimado da empresa é de US$ 2 bilhões.

Movile

Startup registra aproximadamente US$ 2 bilhões em valor de mercado (Imagem: Reprodução/Facebook Movile)

A desenvolvedora de aplicativos Mobile, com sede em Campinas, São Paulo, opera em diversos mercados internacionais e registra aproximadamente US$ 2 bilhões em valor de mercado. São, no total, mais de 2,5 mil funcionários atuando.

Loggi

A plataforma conecta 25 mil motociclistas para a realização de entregas em 36 cidades brasileiras (Imagem: Facebook Loggi)

Antes do QuintoAndar, a Loggi foi a última empresa a entrar no grupo dos unicórnios após receber recursos de investidores liderados pelo SoftBank. A plataforma conecta 25 mil motociclistas para a realização de entregas em 36 cidades brasileiras.

99

A empresa conta atualmente com pouco mais de 1 mil funcionários (Imagem: Reprodução/99app)

A 99 foi fundada em 2012 e garantiu seu primeiro bilhão em janeiro de 2018, quando foi adquirida pela Didi Chuxing, empresa chinesa do setor de transportes. Atualmente, a empresa conta com pouco mais de 1 mil funcionários.

Nubank

O banco já supera valor de mercado de US$ 4 bilhões (Imagem: Divulgação/Facebook)

A fintech de serviços financeiros atingiu a marca bilionária em março de 2018, quando recebeu US$ 150 milhões em uma rodada de investimentos Série E. Em pouco mais de um ano, o banco já supera US$ 4 bilhões. O número de profissionais na empresa ultrapassa 1,6 mil.

Stone

A empresa de pagamentos tem valor de mercado estimado em US$ 8,4 bilhões

A empresa de pagamentos foi fundada em 2012 e seu quadro de funcionários é composto por 4,7 mil pessoas. Seu primeiro bilhão veio por conta do sucesso do IPO na Nasdaq, realizada em dezembro de 2018. Desde então, a Stone passou a registrar crescimentos surpreendentes, chegando ao valor de mercado atual, estimado em US$ 8,4 bilhões.

Última atualização por Diana Cheng - 10/09/2019 - 19:00