Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Qual a receita para crescer acima de 7%? Standard Chartered te mostra

Valter Outeiro da Silveira - 05/07/2019 - 13:22
Banco britânico lista sete economias com projeção de crescimento acima de 7% (Imagem: Free Images)

Existem sete economias com expectativa de crescimento anual acima dos 7% na próxima década. Esta é a avaliação do Standard Chartered sobre os mercados emergentes, no qual o banco projeta que Índia, Bangladesh, Vietnã, Filipinas, Myanmar, Etiópia e Costa do Marfim deverão apresentar expansão vertiginosa no nível de produto. Das sete apontadas, cinco se encontram na Ásia e duas na África Subsaariana.

A instituição britânica inicialmente destaca a fundação do “Clube dos 7%” em 2010, no qual projeta que, um crescimento anual acima de 7% (7,18% exatamente) leva o país a mostrar o dobro do PIB em 10 anos.

Mais serviços e bens

“Se dois países começarem com o mesmo nível de PIB e um cresce 5% enquanto outro lista expansão de 7% nos níveis de produto, em 30 anos, a economia mais pujante será quase o dobro do tamanho da economia mais lenta”, pondera o Standard Chatered.

Continua depois da publicidade

Neste sentido, o banco destaca que países como Japão, Coreia do Sul, Cingapura e Taiwan conseguiram manter níveis de crescimento acima dos 7% por 25 anos ou mais após 1945. Em decorrência, todas as nações se tornaram países desenvolvidos.

“O crescimento mais rápido não somente ajuda as pessoas a saírem mais rápido da pobreza, mas também geralmente é acompanhada por melhores níveis de educação e saúde, além de acesso mais amplo – e melhor – a bens e serviços”, avalia o banco.

Receita

Embora não haja receita mágica, existem alguns vetores para promoção de crescimento de 7% ou mais, conforme o Standard Chatered, sendo os seguintes: booms de commodities, períodos de retomada econômica, booms de superaquecimento e industrialização voltada para as exportações.

Por último, “um componente-chave para o sucesso de economias que visualizaram longos períodos de crescimento acima dos 7% foi a habilidade de mobilizar altas taxas nacionais de poupança”, afirmam os analistas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 05/07/2019 - 13:22