Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Proposta revoga lei que regulamenta aposentadoria compulsória de servidor aos 75 anos

Agência Câmara - 15/07/2019 - 13:28
Para a deputada Bia Kicis, quando a lei foi adotada, não levaram em consideração a expectativa de vida do brasileiro (Imagem: Will Shutter/ Câmara dos Deputados)

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 103/19 revoga a Lei Complementar 152/15. Essa norma regulamentou a Emenda Constitucional 88/15, que ampliou a idade mínima da aposentadoria compulsória do serviço público dos 70 para 75 anos.

A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados. A autora, deputada Bia Kicis (PSL-DF), disse que com a eventual aprovação da reforma da Previdência (PEC 6/19) encaminhada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, necessariamente a lei terá de ser revista.

Conforme o texto, quando a futura lei entrar em vigência serão aposentados compulsoriamente na data em que completarem 70 anos de idade:
– os servidores titulares de cargos efetivos da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, incluídas suas autarquias e fundações;
– os membros do Poder Judiciário;
– os membros do Ministério Público;
– os membros das Defensorias Públicas;
– os membros dos Tribunais e dos Conselhos de Contas;
– os servidores do Serviço Exterior Brasileiro, regidos pela Lei 11.440/06; e
– os servidores policiais de que trata a Lei Complementar 51/85.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário.

Última atualização por Bruno Andrade - 15/07/2019 - 13:28